Shaqiri marca 3 e classifica Suiça, gauleses confirmam o 1º lugar
Shaquiri foi o protagonista da ronda (Foto: Michael Dalder/Reuters)

Shaqiri marca 3 e classifica Suiça, gauleses confirmam o 1º lugar

Na última jornada go grupo E não faltou emoção. Shaqiri quis mostrar que é a maior estrela da sua equipa ao fazer um «hat-trick» classificando assim a Suiça. A França, que já estava classificada, confirmou o 1º lugar. O Equador e as Honduras confirmaram que eram as equipas mais fracas do grupo e voltam assim para casa.

joao-rodrigues
João Rodrigues

Este Grupo é uma exceção do Mundial. Em todos os outros grupos a seleções Sul-Americanas dominaram mas neste são as equipas Europeias a passarem à próxima fase. França e Suiça juntam-se assim à Alemanha, Bélgica, Holanda e Grécia como seleções europeias apuradas.

Serviços mínimos chegaram perante um Domínguez inspirado

Sem surpresas, a França entrou a dominar e mesmo sem a qualidade de jogo dos outros jogos, Sissoko obrigou a uma bela defesa de Domínguez. Ele que vinha a defender mais à frente um cabeceamento de Paul Pogba. A reposta dos equatorianos surgiu tarde, já perto do intervalo, Enner Valencia obrigou Lloris a aplicar-se. No segundo tempo, os gauleses entraram fortes mais uma vez e Domínguez foi obrigado a aplicar-se novamente ao remate de Griezmann, que ainda chegou a embater na trave.

A chance do Equador ganhar diminuiu pouco depois quando Antonio Valência foi expulso com um vermelho directo. Já do fim, o jogo tornou-se mais emocionante. O Equador partiu para o ataque onde num contra-ataque podia ter marcado o golo inaugural mas Noboa disparou ao lado. O Equador, com uma defesa mais aberta, levou com uma avalanche gaulesa: Pogba, Rémy e Benzema bem tentaram mas à sua frente tiveram Domínguez, que foi eleito com justiça o homem-do-jogo. O empate não chegou e os equatorianos acabaram eliminados. A França vai encontrar a Nigéria nos oitavos-de-final.

Shaqiri chegou para eles todos

Há muito se sabia que a derrota por parte das Honduras era praticamente certa. A Suiça queria dar uma boa resposta à goleada sofrida com a França e entrou forte na partida. Aos 6 minutos já estavam a ganhar por 1-0: Lichtsteiner coloca a bola em Shaqiri que rematou forte e colocado, fazendo um golo «na gaveta». Só dava Suiça e Shaqiri e Drmic continuavam a causar calafrios a Valladares, até que aos 31 minutos surge o segundo tento do jogo: Drmic recebe a bola na esquerda, vê Shaqiri a entrar no meio da área e assiste o companheiro com sucesso.

Na 2ª parte as Honduras entraram mais fortes e surge um penalty que cometido sobre Jerry Palácios, não assinalado pelo árbitro Nestor Pistana. Seria uma oportunidade de ouro para os Hondurenhos voltarem a entrar no jogo. Tal não aconteceu e foi mesmo Shaqiri a voltar a aparecer na partida - Drimic faz uma grande jogada na esquerda e passa a Shaqiri para fazer o seu «hat-trick». A Argentina vai ser o adversário dos suiços que vão ter aqui uma tarefa muito difícil.

VAVEL Logo
CHAT