Helénicos abdicam de bónus em detrimento da construção de um centro de treinos

Helénicos abdicam de bónus em detrimento da construção de um centro de treinos

A decisão foi consensual: para o colectivo grego, um centro de treinos para a selecção é mais importante que o bónus destinado a premiar a passagem aos oitavos-de-final do Mundial 2014.

vavel
VAVEL

A missiva foi enviada hoje para o Governo grego e expressa a vontade consensual do grupo helénico: em vez dos bónus pelo apuramento para os oitavos-de-final, os jogadores gregos preferem antes que se construa um centro de treinos próprio da equipa nacional. 

A carta expressou o desejo de ver erguido uma infra-estrutura de treinos que permitam à selecção ter o seu local de estágio onde se possibilite efectuar concentrações, treinos, preparações e estágios. A Grécia, comandada por Fernando Santos, apurou-se para os oitavos-de-final do Mundial 2014 mas prefere que o dinheiro referente aos prémios seja canalizado para a construção das ditas instalações.

«Não queremos prémio extra ou qualquer dinheiro. Só jogamos pela Grécia e pelo seu povo. Tudo o que queremos é o vosso apoio para criar um centro de treinos que servirá como casa para a nossa selecção nacional», declararam os jogadores helénicos, que hoje disputam com a Costa Rica o acesso aos quartos-de-final.

VAVEL Logo
CHAT