França x Alemanha: Jogo de Cartaz

França x Alemanha: Jogo de Cartaz

A França e a Alemanha disputam o jogo mais esperado dos quartos. Espera-se um grande jogo, decidido por detalhes.

joao-rodrigues
João Rodrigues

É o jogo de cartaz dos quartos e espera-se uma grande partida, como é obvio, e como já tem sido hábito neste Mundial 2014. De um lado vai estar a agradável surpresa francesa e do outro uma das favoritas a vencer a prova, a poderosa Alemanha. 

Confirmar o rejuvenescer de uma grande selecção

A França veio para este Mundial como uma grande incógnita. Nos últimos anos os problemas têm sido muitos e os gauleses não querem que isso aconteça novamente e para isso querem ganhar este jogo para confirmarem que esta é uma nova seleção e o passado já lá vai à muito.

A França vem para este jogo após a sua pior exibição neste Mundial. A Nigéria deu a sensação de estar a dominar mas o meio-campo francês e a entrada de Griezmann fizeram com que os gauleses levassem a melhor. Os franceses não vão querer que isso aconteça novamente pois sabem que a Alemanha, tendo o domínio do jogo, é fatal nas suas transições combinadas. Didier Deschamps garantiu que os jogadores vão dar tudo: «Vamos dar tudo o que temos neste jogo. Estou muito orgulhoso dos meus jogadores, e eles merecem isto. É um enorme prazer para mim e para o meu staff estar envolvido neste grupo de trabalho dia após o dia e poder treiná-los e estar com eles. Não vamos para este jogo como turistas.»

A França tem mais frescura física que a Alemanha e poderá aproveitar esse factor, principalmente no meio-campo, onde possui jogadores de alta rotação como Matuidi, Pogba e Cabaye, capazes de percorrer imensos quilómetros impondo uma pressão alta e deixando pouco espaço para os adversários desenvolverem o seu jogo com tranquilidade.

Varane está em dúvida para o jogo após ter ficado a dormir uma noite no hospital devido a desidratação. Em sentido inverso está Mamadou Sakho que está de regresso aos convocados mas a sua presença no onze poderá depender da recuperação de Varane já que Koscielny parece ter garantido a presença no onze depois do último jogo.

 

Mannschaft com muito trabalho mas sem querer desiludir

Tal como são uma das grandes favoritas a vencer a prova, também são os favoritos a vencer este jogo, apesar de não terem convencido nos últimos jogos (por sinal as piores dos últimos anos). Os germânicos são muito mais maduros que os franceses e jogam juntos há mais tempo. Destacar também que a Alemanha é uma seleção mais habituada a vencer e chegou a todas as semi-finais nos últimos anos tendo só falhado em 2004. O poderio alemão reside na magia de Gotze, Ozil e Kroos, jogadores que municiam o vagabundo Muller através de combinações dinâmicas difíceis de acompanhar.

A Alemanha chegou a todas as semi-finais nos últimos anos, mas os alemães querem o título desta vez e a pressão sobre Joachim Low é muita: se não passar esta fase poderá ter o seu lugar em risco apesar de ter contrato até 2016. O treinador alemão pode ter um grande problema que é a defesa. A defesa é o sector mais fraco da Mannschaft e a França com Valbuena, Benzema e Griezmann poderão aproveitar o facto de jogarem nas alas contra centrais adaptados, pecha defensiva que se notou muito no jogo com a Argélia.

Os germânicos não poderão contar com Mustafi devido a lesão e ao que tudo indica falhará o resto da prova. Mats Hummels está de volta e Schurrle é um forte candidato a jogar de ínicio após ter marcado no encontro com a Argélia.

 

VAVEL Logo
CHAT