Chris Froome abandona Tour de France
Froome ferido após a primeira queda do dia (Foto: Christian Hartmann/Reuters).

Chris Froome abandona Tour de France

Chris Froome, vencedor do Tour em 2013, abandonou hoje a prova à 5ª etapa, sucumbindo após a terceira queda em dois dias. Lesionado no braço direito, o ciclista da Sky juntou-se à longa lista de quedas do dia, numa dura etapa com sete zonas de pavé alagadas pela chuva.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Está de fora da edição de 2014 do Tour de France o ciclista da Sky que em 2013 venceu a mais famosa prova de ciclismo de estrada do mundo. Chris Froome, que já caíra na 4ª etapa, sofreu duas novas quedas esta quarta-feira, na 5ª etapa, que ditariam o abandono de um dos principais candidatos à vitória deste ano.

Dia marcado pelas quedas no pavé e fora dele

A 5ª etapa do Tour de France, corrida esta quarta-feira entre Ypres e Arenberg Porte du Hainaut, prometia causar baixas no pelotão, com sete sectores de pavé para transpôr (dois outros foram removidos devido à chuva forte que se abateu sobre aquela região). 

Muito duras foram as condições que os ciclistas encontraram nesta 5ª etapa (Foto: ASO / Presse Sports).

O ciclista de 29 anos caiu pela primeira vez à passagem dos primeiros 30km, e depois novamente aos 85km, quando faltavam ainda mais de 60km para a meta. Se na primeira ocasião o homem da Sky não aparentava grandes mazelas -- pesasse embora o equipamento rasgado e algumas feridas --, a segunda queda tê-lo-á magoado no braço direito. Após este último acidente, Froome continuou a etapa já dentro do carro da sua equipa. A etapa viria a ser ganha por Lars Boom, ciclista holandês da equipa Belkin, naquela que foi a sua primeira vitória no Tour.

Esta é já a segunda baixa de grande vulto na presente edição do Tour. Recorde-se que na 3ª etapa Andy Schleck (Trek) havia caído na chegada a Londres, fruto da colisão com um outro ciclista, que por sua vez colidira com um espectador. O ciclista luxemburguês falhará toda a temporada, devido a uma rotura do ligamento cruzado do joelho esquerdo e fractura do menisco.

Após as primeiras cinco etapas, Rui Costa (Lampre-Merida) é o melhor português em prova. O campeão do mundo em título está em 13º da geral, a 2 minutos e 11 segundos do líder, o italiano Vincenzo Nibali (Astana Pro Team).

VAVEL Logo
CHAT