Haas paga verba de 20 Milhões à Fórmula 1
Haas demonstrou serem reais as intenções de entrar na F1 em 2016 (Foto: Terry Renna/AP)

Haas paga verba de 20 Milhões à Fórmula 1

Depois de ter confirmado as suas intenções de entrar na grelha da Fórmula 1 em 2016 por impossibilidade de fazê-lo já em 2015, Haas demonstrou serem reais os seus esforços, ao depositar a quantia de 20 milhões de euros para a formação da sua equipa.

joao-pereira
João Pereira

A Haas Formula é quase certeza no paddock de 2016, depois de ter sido feito um depósito de 20 milhões de euros junto da Formula One Management, uma garantia a pedido do próprio Bernie Ecclestone.

Em declarações à Forbes em Silverstone, Ecclestone revelou ter confirmado a Jean Todt (o presidente da FIA) que, para comprovar a honestidade do projecto, «pedimos à Haas para efectuar um depósito e eles assim o fizeram.»

Ecclestone (à esq.) falou deste depósito a Todt (à dir.) em Silverstone (Foto: Getty Images).

Parceria com a Ferrari e pelo menos um piloto norte-americano

O co-proprietário da equipa de NASCAR Series já tinha anunciado um acordo de patrocínio com a Ferrari para 2015, que envolve também a parceria, entre ambas as equipas, para o uso dos motores da scuderia de Maranello em 2016, e também no que diz respeito a sistemas eléctricos, chassis e caixas-de-velocidade.

Um dos objectivos de Haas é desenvolver um interesse mais forte por parte dos norte-americanos na Fórmula 1, pelo que se acredita que ao menos um dos pilotos da futura equipa terá origem nos EUA. Uma hipótese levantada esta semana foi a de Alexander Rossi, que, como se sabe, abandonou a Caterham F1 aquando da restruturação da equipa.

O piloto, quando questionado sobre essa possibilidade, comentou que «Temos uma grande oportunidade de fazer crescer o desporto nos Estados Unidos (..) Penso que o timing é perfeito». Rossi não escondeu também a sua alegria em face do projecto a que proximamente poderá associar-se: «Estou muito feliz por ver uma equipa americana a entrar em 2016 na Fórmula 1».

Com estes novos dados, e demonstradas as verdadeiras intenções de Haas, está praticamente garantida que esta será a 7ª equipa norte-americana a entrar no "grande circo" da Fórmula 1.

VAVEL Logo
CHAT