FP1 do GP da Alemanha: Hockenheim em brasa
Rosberg foi o mais rápido em casa (Foto: Mike Wise/1.skysports.com)

FP1 do GP da Alemanha: Hockenheim em brasa

Começou esta manhã o GP da Alemanha, no Circuito de Hockenheimring. Nos 90 minutos destinados aos primeiros testes de ambientação à pista de Hockenheim o calor foi a palavra de ordem com temperaturas a rondar 26º graus no ar e 36º na pista, no início da sessão.

venancioslb
Pedro Venâncio

A Pirelli disponibilizou a todos os pilotos jogos de pneus macios e super macios, para além de um conjunto de pneus ligeiramente mais duros para os primeiros 30 minutos da sessão.

Pneus Pirelli para o GP da Alemanha (Foto: f1.com)

Problemas mecânicos voltam a assombrar Susie Wolff

Susie Wolff foi a primeira a entrar em pista mas após as primeiras curvas reportou à equipa um problema de transmissão, que fez regressar a britânica de imediato às boxes. Muito azar para a piloto da Williams que fez a sua estreia nos treinos livres do GP da Grã-Bretanha. De regresso ao circuito, Susie Wolff realizou tempos interessantes garantindo boas perspectivas à Williams.

Kimi Räikkönen foi outro dos pilotos a apresentar problemas, logo após o início da sua entrada em pista. O finlandês teve um problema na bomba de água do Ferrari o que ditou o regresso antecipado às boxes.

Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo, assim como Nico Rosberg e Kevin Magnussen foram os pilotos mais rápidos na primeira meia hora, sem problemas visíveis nos seus monolugares. Após os primeiros 30 minutos em pista todos os pilotos regressaram às respectivas boxes para mudar os jogos de pneus.

Calor matinal marcou a primeira sessão em Hockenheim

De regresso à pista os pilotos encontraram o asfalto ainda mais quente. Max Chilton foi o primeiro a fazer algumas voltas ao circuito depois de na primeira meia hora não ter realizado qualquer volta lançada com os pneus mais duros. Logo atrás do inglês da Marussia, Kamui Kobayashi aproveitou a ausência de companheiros em pista para realizar também algumas voltas lançadas ao ataque.

A Mercedes foi destaque no terceiro terço da sessão com tempos de referência para Nico Rosberg (1:19.131) e Lewis Hamilton (1:19.196). Fernando Alonso teve uma sessão de ambientação muito tranquila. O espanhol foi o piloto que mais se aproximou dos tempos dos Mercedes e não registou qualquer tipo de incidente ao volante. Os Williams de Massa e Susie Wolff andaram a ritmos elevados e serão, com certeza, destaque para a segunda sessão de treinos livres na Alemanha.

Há limites!

Daniel Ricciardo em acção (Foto: f1.com)

Nota ainda para muitas curvas largas para lá dos limitadores por parte de vários pilotos favoritos na travagem para a curva 2, caso de Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo, Lewis Hamilton, Fernando Alonso ou Felipe Massa. Os comissários deixam o aviso que apenas serão contabilizados os tempos de voltas rápida que sejam realizadas dentro dos limites da pista, assim, os pilotos terão de ser cautelosos nas abordagens às diversas curvas rápidas de Hockenheim.

No final, a primeira sessão foi positiva para a maioria das principais escuderias. Esta sessão ficou ainda marcada pelas várias experiências de utilização de asas dianteiras por parte da Mercedes e da McLaren.

Tempos FP1

1º Nico Rosberg (Mercedes) - 1:19.131 (29 voltas)

2º Lewis Hamilton (Mercedes) - 1:19.196 (25 voltas)

3º Fernando Alonso (Ferrari) - 1:19.423 (21 voltas)

4º Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) - 1:19.697 (27 voltas)

5º Jenson Button (McLaren-Mercedes) - 1:19.833 (24 voltas)

6º Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) - 1:20.097 (28 voltas)

7º Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) - 1:20.105 (32 voltas)

8º Kimi Räikkönen (Ferrari) - 1:20.210 (21 voltas)

9º Daniil Kvyat (STR-Renault) - 1:20.337 (28 voltas)

10º Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) - 1:20.505 (18 voltas)

11º Felipe Massa (Williams-Mercedes) - 1:20.542 (19 voltas)

12º Jean-Eric Vergne (STR-Renault) - 1:20.586 (23 voltas)

13º Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) - 1:20.592 (22 voltas)

14º Sergio Perez (Force India-Mercedes) - 1:20.598 (24 voltas)

15º Susie Wolff (Williams-Mercedes) - 1:20.769 (22 voltas)

16º Giedo van der Garde (Sauber-Ferrari) - 1:20.782 (23 voltas)

17º Romain Grosjean (Lotus-Renault) - 1:21.603 (20 voltas)

18º Pastor Maldonado (Lotus-Renault) - 1:21.854 (30 voltas)

19º Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) - 1:22.572 (31 voltas)

20º Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) - 1:22.982 (24 voltas)

21º Marcus Ericsson (Caterham-Renault) - 1:23.256 (35 voltas)

22º Max Chilton (Marussia-Ferrari) - 1:23.299 (22 voltas)

Os FP2 do GP da Alemanha estão agendados para as 14h (13h em Portugal).

VAVEL Logo
CHAT