Sporting: Rabia em Lisboa para assinar
Ramy Rabia chega a Alvalade depois de um longo e complexo processo negocial. (Foto: Fifa)

Sporting: Rabia em Lisboa para assinar

Depois de longas semanas de negociações, central egípcio vai viajar para a capital portuguesa para assinar pelos leões.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Há muito que o Sporting tinha o jovem defesa Ramy Rabia do Al-Ahly debaixo de olho, tendo inclusivamente enviado um emissário para o Egipto, e que por lá ficou ao longo das últimas três semanas, para negociar a transferência com o clube do Cairo.

Agora, a contratação parece perto de concretizar-se e segundo a imprensa desportiva desta manhã o internacional egípcio de 21 anos chega hoje a Lisboa para assinar um contrato de cinco épocas com os leões.

Um reforço para acautelar a imprevisibilidade do mercado

A chegada de Ramy Rabia a Alvalade deverá implicar a saída de um jogador do sector defensivo dos leões, já que Marco Silva passará a ter à sua disposição cinco jogadores para o eixo central, sem contar com os jovens Rúben Semedo e Tobias Figueiredo.

Marcos Rojo (Fonte: RR).

No presente mercado de transferências os verde e brancos já tinham assegurado a contratação de Paulo Oliveira, ao Vitória de Guimarães, e a compra de mais um central, ainda para mais tratando-se de um jogador internacional seguido por diversos clubes europeus, é mais um sinal de que Eric Dier ou Marcos Rojo, um dos dois, deverá estar de saída de Alvalade. O internacional argentino, altamente valorizado depois da participação no Campeonato do Mundo, é o atleta com mais chances de deixar Alvalade até ao dia 31 de Agosto.

Jogo de paciência e vontade do jogador ditaram  final feliz

As negociações entre Sporting e Al-Ahly para a contratação de Rabia já duravam há cerca de um mês, num processo que ao longo das últimas semanas teve vários altos e baixos e que chegou a estar muito perto de cair por terra.

Os egípcios, conscientes do valor do defesa, inicialmente não abdicavam da pretensão de encaixar uma verba em torno do milhão e meio de euros, enquanto que os leões foram jogando com a vontade do jogador em vir para Lisboa e com o facto da sua ligação ao emblema do Cairo terminar no final da próxima época, podendo negociar livremente com outro clube já a partir de janeiro.

As ameaças de Ramy Rabia  de evocar a Lei Webster para romper o contrato terão então levado os egípcios a ceder e assinar um acordo na ordem dos 750 mil euros, com uma percentagem dos direitos económicos do jogador incluída.

Ramy Rabia, que pode jogar tanto a defesa-central como a médio-defensivo, tinha diversos pretendentes de Inglaterra mas deverá aterrar esta segunda-feira a Lisboa. À sua espera, em Alvalade, terá um contrato de cinco épocas. 

VAVEL Logo
CHAT