Rui Costa abandona o Tour
Uma broncopneumonia afasta o português da Volta a França (foto: AFP)

Rui Costa abandona o Tour

Rui Costa foi forçado a abandonar a Volta a França em bicicleta. Depois do treino realizado no dia de descanso (2ª feira), o ciclista foi diagnosticado com uma broncopeneumonia, condição que afasta o chefe de fila da Lampre-Merida da prova. A notícia foi avançada pela própria equipa do português, afirmando que este já não participaria na etapa desta 3ª feira entre Carcassone e Bagnéres-de-Luchon.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Quem atentou ao diário digital de Rui Costa, pode constatar que o ciclista já sofria de bronquite há alguns dias, condição que o impedia de estar a cem por cento, especialmente nas etapas de alta montanha.

Depois do treino da passada 2ª feira, durante o dia de descanso, Rui Costa sentiu-se mal, tendo sido submetido a raios-x e alguns exames que acabaram por confirmar a broncopneumonia.

(Foto: AFP)

Na sua página oficial no Facebook, o ciclista português afirma que a sua vontade era permanecer em prova; contudo os médicos convenceram-no que tal poderia por em risco, não só a carreira, mas como a própria saúde do atleta.

O Campeão do Mundo de Estrada termina agradecendo todo o apoio que lhe foi dado, desejando ainda boa sorte aos outros portugueses ainda em prova. 

Antes de abandonar, Rui Costa era 13º da geral, a 12:57 de Vicenzo Nibali.

«Bom dia amigos. Trago más notícias: tenho broncopneumonia! 
A bronquite que tinha nunca chegou a passar e agora avançou para uma broncopneumonia. Já há uma semana que ando doente e o médico da equipa diz que é melhor que me retire do Tour. Por respeito a vocês que me apoiam e à organização da Volta à França queria muito partir hoje, mas o médico diz que não. 

Ontem no dia de descanso, após o treino, senti-me muito mal, com dores musculares e febre. Fui levado ao hospital fazer um raio-x e o resultado foi este. Ainda esperamos para ver como despertava hoje para tomar uma decisão definitiva, mas sinto-me pior, como se tivesse sido atropelado por um camião. Felizmente detectamos a tempo de evitar lesões graves. Queria continuar mas o doutor fez-me entender e concordar que além de por em risco a minha saúde, posso por em risco a minha própria carreira, por isso tomamos esta decisão: vou abandonar o Tour. 

Peço desculpa a todos vocês amigos, à minha equipa e à organização da Volta à França, mas a minha saúde não me permite continuar.

Boa Sorte aos meus colegas para o que falta e a todos os portugueses. Estarei em casa a torcer por vocês. 

Aquele abraço,
Rui Costa»


 

VAVEL Logo
CHAT