Heldon acelera e Capel marca passo no «sprint final»
Heldon faz último esforço para continuar em Alvalade. (Foto: Global Imagens)

Heldon acelera e Capel marca passo no «sprint final»

Brasileiro e espanhol com percursos diferentes na pré-época; nenhum dos dois tem permanência garantida em Alvalade.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

André Carrillo e Carlos Mané são para já os dois únicos extremos com presença certa no elenco do Sporting para 2014/15. Marco Silva continua, já se percebeu, à procura de um jogador de ala que faça companhia ao peruano para a próxima temporada, e não parece propriamente "morrer de amores" por Heldon e Diego Capel, ambos com rendimento inconstante nos jogos de preparação efectuados pelos leões. 

Capel a perder terreno nos últimos metros 

Se no início da pré-temporada o espanhol foi merecendo a confiança do antigo técnico do Estoril e o brasileiro tardou a entrar nas contas, com o aproximar do arranque do campeonato as coisas acabaram por mudar de figura.

Em Espanha, no troféu Teresa Herrera, o cabo-verdiano contratado na última janela de transferências ao Marítimo por 1 milhão de euros acabou por justificar a aposta de Marco Silva e mostrar-se como uma opção válida para o onze titular, ao passo que Diego Capel seguiu o rumo inverso. O jogador andaluz continua a não conseguir ser determinante nos leões e evidencia-se longe da forma física que o notabilizou na sua primeira temporada em Alvalade.

Por isso, se antes era Heldon a estar mais perto da porta de saída, agora é Diego Capel a necessitar de arranjar mais rapidamente colocação até ao final do mercado, a 31 de Agosto. Qualquer um dos dois jogadores é no entanto negociável para a SAD verde e branca, que nas próximas duas semanas vai procurar desfazer-se de um deles para ganhar espaço e fôlego financeiro que lhe permite contratar o extremo desequilibrador desejado por Marco Silva. 

VAVEL Logo
CHAT