Dragões e insulares abrem a liga portuguesa
Arranca a liga 2014/2015 (Foto original: Lusa)

Dragões e insulares abrem a liga portuguesa

Porto e Marítimo dão esta noite o pontapé-de-saída na Liga 2014/2015. Os azuis de Julen Lopetegui querem começar o campeonato com uma vitória e mostrar o porquê de terem o plantel mais forte do campeonato. Os madeirenses por seu turno procuram fazer algo que nunca conseguiram no reduto portista... vencer.

RodolfoReis
Rodolfo Reis

Acabou a pré-época, acabaram os vários modelos tácticos testados, terminaram os diversos onzes e jogadores experimentados, hoje é a sério! A Liga Nacional arranca às 20h00 no Estádio do Dragão com o Porto a receber o Marítimo, duas equipas remodeladas com novos treinadores e plantéis que aspiram cada um às suas respectivas ambições nesta nova temporada. A equipa portista apostou no espanhol Julen Lopetegui para comandar as tropas da armada espanhola que trouxe consigo pronta a dar cartas, mas a ter de provar que os nomes por si só nas camisolas não ganham jogos.

Do outro lado a formação insular apostada em regressar às provas europeias e com Leonel Pontes, até aqui adjunto do seleccionador nacional Paulo Bento a ter a sua primeira experiência como técnico principal.

O saldo esse é claramente favorável aos dragões, basta dizer que os verde-rubros nunca ganharam no reduto azul e branco, e que em 34 jogos disputados para a liga venceram 32 e consentiram dois empates. De resto o Marítimo já não marca golos na Invicta para o campeonato desde Janeiro de 2011, ano em que foi derrotado por 4-1. A última das duas igualdades aconteceu em Dezembro de 2008, num jogo que terminou 0-0, o primeiro empate registou-se no já longínquo ano de 1981 acabando a partida com 1-1. Na temporada transacta o Porto saiu vitorioso por 3-0.

«Só temos um rival que é o Marítimo»

Julen Lopetegui assegurou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo desta noite, que os seus jogadores estão apenas concentrados no Marítimo. «É uma equipa com muita personalidade, muito interessante e tem jogadores de qualidade. Sabemos que nos vão colocar muitas dificuldades e será preciso superá-las», referiu. O técnico espanhol afirmou não pensar nos jogos que Benfica e Sporting vão realizar. «Só temos um rival que é o Marítimo, que parte com zero pontos. Não é preciso pensar em mais nada. Eles são o único directo e não outra equipa».

Confrontando com as dificuldades que pode vir a ter no campeonato português, Lopetegui garantiu estar pronto para o desafio, elogiando ainda a qualidade não só dos jogadores portugueses, mas também dos seus companheiros de profissão. «É uma liga muito competitiva, muito mais do que podem pensar. O campeonato português sempre teve excelentes jogadores e treinadores. Conheço a Liga portuguesa e sei o nível dos técnicos em Portugal», concluiu.

«Vamos sempre jogar para ganhar»

Na antevisão do jogo com o Porto, o novo treinador do Marítimo Leonel Pontes acredita que pode sair do Dragão com um resultado positivo. «Na primeira jornada será preciso ser solidário, competitivo e pensar como equipa. Temos de acreditar que será sempre possível alcançar um resultado positivo, mesmo sabendo que será muito difícil», afirmou. O técnico não escondeu algum nervosismo pelo início da competição. «Estamos todos ansiosos pelo começo do campeonato. Queremos começar bem e vamos sempre jogar para ganhar».

Leonel Pontes sabe que o facto de na ronda inaugural as equipas não estarem ainda ao seu melhor nível pode ser uma ajuda para os seus jogadores. «Teremos pela frente um Porto que tem grandes expectativas para esta temporada, mas dificilmente qualquer equipa estará a cem por cento na primeira jornada», finalizou.

Julen Lopetegui convocou dezoito jogadores para o encontro desta noite com destaque para a chamada do jovem de 17 anos Ruben Neves e para a ausência de Juan Quintero, que por motivos pessoais não treinou nos últimos dias com a restante equipa ficando como tal de fora. No que toca aos reforços são oito os chamados pelo treinador espanhol, Andrés Fernandez, Bruno Martins Indi, Casemiro, Evandro, Brahimi, Óliver Torres, Tello e Adrián Lopez.

No lado do Marítimo também Leonel Pontes chamou dezoito jogadores para a viagem até ao Porto com realce para o avançado Maazou, contratado neste defeso ao Vitória Guimarães.

Onzes prováveis

VAVEL Logo