Rojo rende 20 milhões, 13 ficam em Alvalade
Rojo brilhou no Sporting, depois no Mundial, e agora segue para Old Trafford.

Rojo rende 20 milhões, 13 ficam em Alvalade

Em comunicado enviado à CMVM, Sporting explica contornos da transferência de Marcos Rojo para o Manchester United e da inclusão de Nani no negócio.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Instantes depois do anúncio de Bruno de Carvalho em pleno relvado de Alvalade, o Sporting, em comunicado enviado à CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), explicou os contornos da transferência de Marcos Rojo para o Manchester United e confirmou o valor da operação: 20 milhões de euros, "pagos em três prestações: € 10.000.000,00 pagos de imediato e duas prestações de € 5.000.000,00, cada, pagas em 1 de Dezembro de 2014 e 1 de Julho de 2015".

Ponto por ponto, o Conselho Directivo liderado por Bruno de Carvalho explica que dessa verba, 4 milhões serão de imediato pagos ao Spartak de Moscovo, em virtude da cláusula de 20% de uma futura transferência acordada com o antigo clube do internacional argentino, e outros três milhões serão também restituídos à Doyen Sports Investments Limited, precisamente o valor investido pelo fundo de investimento na altura da contratação do defesa-central.

Este valor surge na sequência da rescisão unilateral "por justa causa" - entende o clube de Alvalade - com o fundo que em parceria com os leões adquiriu Marcos Rojo em 2012/13, levada a cabo por Bruno de Carvalho após uma alegada violação do contrato por parte da entidade. Na altura chegou a ser noticiado que um elemento da Doyen Sports se terá feito passar por um emissário do Manchester United numa reunião com responsáveis leoninos, para além de terem sido quebradas cláusulas de confidencialidade no que ao sigilo acerca do vencimento do jogador diz respeito, nas negociações com os «red devils».

Após o castigo disciplinar imposto a Rojo na semana passada, e já depois do pedido de desculpas do jogador, o Sporting negociou directamente com o clube inglês e chegou a um acordo final de 20 milhões de euros, dos quais 13 ficam mesmo em Alvalade. Recorde-se que anteriormente ao pedido de rescisão do contrato com a Doyen Sports, os leões eram detentores de apenas 25% do passe do internacional argentino, pelo que receberiam "apenas" cinco milhões de euros pela transferência.

No mesmo comunicado, o Sporting informa que terá direito a receber "20% da mais valia numa futura transferência do jogador por montante superior a € 23.000.000,00".

Integrado no negócio, surge o empréstimo de Nani durante uma temporada, com os «red devils» a assegurarem na totalidade os encargos do internacional português no mesmo período.

Por fim, os leões anunciaram que pretendem investir 9 milhões da verba recebida com Rojo na construção do novo Pavilhão do Clube, faltando cerca de 700 mil euros resultantes da Operação "Missão Pavilhão" para chegar ao montante definido para avançar com a obra. 

VAVEL Logo
CHAT