Samaris assina pelo Benfica e custará 9 milhões aos cofres da Luz
Samaris assina pelo Benfica a troco de 9 milhões de euros

Samaris assina pelo Benfica e custará 9 milhões aos cofres da Luz

Como o VAVEL anteriormente reportara, Andreas Samaris, internacional grego do Olympiakos, vai ser jogador do Benfica. O médio está em Lisboa desde ontem e vai assinar por cinco épocas, custando 9 milhões aos campeões nacionais.

vavel
VAVEL

Poucas horas separarão o internacional grego Andreas Samaris do Benfica, faltando apenas a assinatura final para firmar o vinculo de cinco épocas que ligará o médio de 25 anos ao campeão nacional português. A transferência custará uns pesados 9 milhões de euros aos cofres da Luz, ficando desta feita o pedido de Jorge Jesus satisfeito: um médio «todo-o-terreno» para reforçar o corredor central encarnado.

Esta é a segunda contratação feita ao Olympiakos num espaço de um ano: Ljubomir Fejsa, internacional sérvio, também foi pescado nas águias mediterrânicas do clube campeão grego, por 5 milhões de euros. Devido à extensa ausência do médio defensivo sérvio e à potencial saída de Enzo (o acordo está firmado com o jogador mas falta o entendimento com o Meriton), a contratação de Samaris adivinhava-se prioritária.

Feitas as contas às exigências do treinador quanto ao tema das contratações, ficará somente a restar o resgate de um avançado, já que o desejado guarda-redes (Júlio César) e agora o médio, são pedidos já satisfeitos pela direcção encarnada. Até dia 31 de Agosto às 23:59:59 horas, o Benfica terá tempo para solucionar esse pedido de Jesus, que quer companhia para Derley e Lima no sector de ataque.

Quando envergar a camisola das «águias» em pleno relvado, Samaris estará a reavivar as memórias dos adeptos encarnados, que assim se recordarão certamente do grego, também médio, Kostas Katsouranis. O agora veterano jogador (internacional A) passou pelo Benfica entre 2006 e 2009, realizando 122 jogos oficiais e chegando a ser o terceiro na hierarquia dos capitães da Luz. 

Noutra zona do campo também outro grego (também ele internacional A) militou no Benfica: falamos de Fyssas, lateral esquerdo que venceu a Taça de Portugal em 2003/2004, nessa altura com Jose Antonio Camacho como treinador das «águias». O defesa marcou o golo do empate contra o Porto de Mourinho na final da Taça, impedindo a vitória portista e obrigando o jogo a desembocar no prolongamento.

VAVEL Logo
CHAT