Paços Ferreira 2014/2015: Sensação de deja vu

Paços Ferreira 2014/2015: Sensação de deja vu

O Paços Ferreira desta época apresenta como grande novidade o regresso do técnico Paulo Fonseca, que há duas épocas levou a equipa a um sensacional terceiro lugar que culminou no playoff da Liga dos Campeões. No entanto os tempos são outros e a manutenção afigura-se como o principal objectivo da equipa, mas sonhar não custa.

RodolfoReis
Rodolfo Reis

Depois de na última temporada ter sido obrigado a disputar um playoff de manutenção na Primeira Liga, o Paços Ferreira surge em 2014/2015 com a ambição de fazer um campeonato tranquilo e longe dos lugares mais abaixo na tabela. O plantel recebeu alguns reforços como o guardião Rafael Defendi e Nelson Pedroso, mas perdeu um elemento chave no meio-campo como André Leão, que rumou a Espanha para jogar no Valladolid. No entanto os experientes Manuel José e Filipe Anunciação permanecem no grupo, ajudando assim na integração dos mais novos.

Mas sem dúvida que a grande contratação dos castores foi sem dúvida o regresso de Paulo Fonseca. Depois de uma passagem mal sucedida pelo Porto, o técnico regressa à Mata Real onde há duas temporadas fez o impensável, ao levar a equipa ao terceiro lugar e consequente apuramento para a pré-eliminatória da liga milionária, acabando por cair aos pés do Zenit, mas indo para a Liga Europa sem no entanto conseguir passar a fase de grupos.

Paulo Fonseca já fez saber que não existem épocas iguais e que o que aconteceu há 2 anos dificilmente se tornará a repetir, mas o certo é que sonhar não custa e os adeptos pacences confiam no trabalho que o treinador pode voltar a desenvolver. Para já as coisas não começaram bem com uma derrota na Luz por 2-0 frente ao Benfica, mas num jogo em que os castores até falharam uma grande penalidade e venderam caro o triunfo encarnado.

Possível onze tipo

Dados do clube

Nome: Futebol Clube Paços de Ferreira

Fundação: 1950

Participações na Primeira Liga: 17

Melhor Classificação: 3º (2012-2013)

Títulos: 3

Plantel

Nome Posição Procedência Nacionalidade Idade
Rafael Defendi Guarda-redes Bragantino Brasileira 31
António Filipe Guarda-redes No clube desde 2009 Portuguesa 29
Marco Guarda-redes No clube desde 2013 Portuguesa 19
Boaventura Defesa No clube desde 2013 Brasileira 27
Hélder Lopes Defesa No clube desde 2013 Portuguesa 25
Ricardo Ferreira Defesa Olhanense Portuguesa 21
Jaílson Defesa No clube desde 2013 Brasileira 23
Nelson Pedroso Defesa Vitória Setúbal Portuguesa 29
Ricardo Defesa No clube desde 2011 Luso-cabo verdiana 34
Rodrigo Galo Defesa Panetolikos Brasileira 28
Romeu Rocha Médio No clube desde 2013 Portuguesa 28
Minhoca Médio No clube desde 2013 Portuguesa 26
Valkenedy Médio Santa Rita (emprestado) Brasileira 21
Sérgio Oliveira Médio No clube desde 2013 Portuguesa 22
Vasco Rocha Médio Desportivo Aves Portuguesa 25
Rúben Ribeiro Médio Rio Ave (emprestado) Portuguesa 27
Manuel José Médio No clube desde 2009 Portuguesa 33
Seri Médio No clube desde 2013 Costa-marfinense 23
Filipe Anunciação Médio No clube desde 2007 Portuguesa 35
Cícero Avançado FC Astana (emprestado) Ganesa 28
Bruno Moreira Avançado Desportivo Chaves Portuguesa 27
Paolo Hurtado Avançado Peñarol (emprestado) Peruana 24
Diogo Jota Avançado Formado no clube Portuguesa 18
Barnes Avançado Formado no clube Ganesa 19

Treinador

Nome: Paulo Alexandre Rodrigues Fonseca

Épocas no clube:

Experiência: Estrela da Amadora (juniores), 1º Dezembro, Odivelas, Pinhalnovense, Desportivo Aves, Paços Ferreira, Porto

Títulos: Supertaça Cândido de Oliveira ao serviço do Porto em 2013

É caso para dizer, que o «bom filho à casa torna», dois anos depois do brilhante terceiro lugar alcançado e do apuramento inédito para o playoff da Liga dos Campeões, Paulo Fonseca está de regresso depois de uma época em que orientou o Porto. A passagem pelos portistas até começou bem com o triunfo por 3-0 frente ao Vitória Guimarães que deu a Supertaça aos dragões, mas os maus resultados no campeonato aliados a um eliminamento precoce na fase de grupos da liga milionária levaram a que o técnico fosse despedido em Março deste ano, já depois de terem também sido afastados na Liga Europa pelo Sevilha nos quartos-de-final.

Agora Paulo Fonseca regressa a uma casa que bem conhece e onde teve sucesso e já fez questão de baixar as expectativas dos adeptos relembrando-lhes que época de há dois anos não se irá repetir, e que os objectivos passam por segurar a manutenção. Resta esperar se o técnico volta a fazer bons resultados com os pacences, ou se o ditado «não voltes a um local onde já foste feliz», se vai aplicar.

O líder

Nome: Filipe Alexandre Dias Anunciação

Épocas no clube:

Posição: Médio

Experiência: Feirense, Paços Ferreira, Desportivo Aves, Boavista, Moreirense (E), Desportivo Aves (E), Paços Ferreira

Filipe Anunciação é não só o jogador mais velho do plantel, como também aquele que há mais tempo está em Paços Ferreira. O médio chegou ao clube em 2007 e embora já não sendo um titular indiscutível faz valer a sua experência e forte marcação perante os seus adversários. Aos 35 anos é a voz de comando dentro e fora do relvado e sem dúvida um elo de ligação entre o treinador e os restantes jogadores da equipa.

Para não perder

Nome: Nelson Estrela «Minhoca»

Épocas no clube:

Posição: Médio

Experiência: União Micaelense, Santa Clara, Paços Ferreira

Nélson Estrela, mais conhecido por «Minhoca», ganhou esta alcunha por ser um jogador que se destaca pelas suas inúmeras fintas e boa capacidade técnica. Aos 26 anos e depois de uma primeira época de adaptação ao clube, o médio veloz está pronto para ser um dos titulares indiscutíveis de Paulo Fonseca e uma das boas surpresas deste campeonato.

VAVEL Logo
CHAT