Entrevista VAVEL: Arnold destaca-se no filão alemão

Entrevista VAVEL: Arnold destaca-se no filão alemão

Maximilian Arnold já actuou em Portugal como um perfeito desconhecido e actualmente pontifica como uma das esperanças do futebol da Alemanha.

rafaelreis
Rafael Reis

Não constitui novidade a constatação de que o futebol de formação na Alemanha se encontra no seu epítome – sensacional mesmo é verificar que ano após ano não param de surgir novos valores que vão tornando o filão quase inesgotável e o trabalho de Joachim Low e a sua aposta no futebol continuado ainda mais facilitado.

Nos tempos mais recentes, às muitas jovens estrelas na Alemanha têm vindo a juntar-se os nomes de Yannick Gerhardt, que esteve prestes a assinar pelo Benfica, e principalmente do criativo Maximilian Arnold, que num ápice passou da selecção sub-19 germânica, na qual residia como titular indiscutível desde idade juvenil, a uma surpreendente estreia na principal equipa da Mannschaft perante a Polónia.

Aliás, saltar etapas tornou-se já recorrente para Arnold, que havia passado por situação semelhante no clube ao qual se encontra ligado, o Wolfsburg, no qual se estabeleceu como figura da equipa sub-19 com apenas 16 anos, sagrando-se campeão alemão nesse escalão perante adversários de idade superior e estreando-se pela primeira equipa poucos meses depois, a 25 de Novembro de 2011. Estava assim lançado um dos grandes talentos do futebol alemão, que ainda ontem disputou toda a segunda parte da partida que levou o Wolfsburg a visitar o terreno do campeão e poderosíssimo Bayern.

Poucos dias antes da estreia absoluta, no dia 9 de Novembro de 2011, bem antes de suscitar o interesse de grandes clubes como o Arsenal, que lidera o rol de interessados pelo seu concurso, Maximilian Arnold passou por Portugal como um perfeito desconhecido, tendo defrontado o Sporting na já extinta NextGen Series, uma partida que recordou numa pequena entrevista concedida a VAVEL.

Rafael Reis: Como descreves o encontro frente ao Sporting enquanto júnior?

Maximilian Arnold: Esse jogo contra o Sporting não foi bom para mim, principalmente na primeira parte, tivemos muitos problemas perante o jogo muito rápido do Sporting. A segunda já foi bem melhor para nós, estabelecemos o 1-1 mas o jogo voltou a mudar com o golo deles e acabámos por perder o jogo.

Rafael Reis: Pode dizer-se que a evolução que tens vindo a ter sucedeu com o mérito de provas como a NextGen?

Maximilian Arnold: Sim, penso que melhorei muito com a participação na NextGen Series, os adversários eram muito bons e tínhamos bons jogadores na nossa equipa, jogámos bem mas deveríamos ter vencido mais jogos.

Rafael Reis: O teu percurso na selecção da Alemanha também tem tido uma ascensão vertiginosa. Como o descreves até agora?

Maximilian Arnold: Tenho jogado nas selecções jovens alemãs, tive poucos jogos pelos sub-19 mas no ano anterior ao serviço dos sub-17 disputei muitos encontros, e desde então tudo me tem corrido bem, estou agradecido pelas oportunidades que tenho tido.

VAVEL Logo
CHAT