Arouca 2014/15: Manutenção, mas com menos aperto

Arouca 2014/15: Manutenção, mas com menos aperto

O Arouca enfrenta sua segunda época na Primeira Divisão de Portugal com a intenção de conseguir permanecer mais um ano entre os melhores.

Robayna
Miguel G. Robayna

Nenhum adepto do Arouca imaginaria, no ano 2000, que a equipa da sua cidade iria começar a época 2014/15 com o objectivo de ficar na Primeira Divisão de Portugal. Mas se há uma equipa sem limites e capaz de surpreender todos, esse é o Futebol Clube de Arouca. Parece incrível que um clube que ao começo do século jogava na Liga Regional de Aveiro possa estar jogando na mesma liga que clubes como o FC Porto, SL Benfica ou Sporting CP. Após de conseguir seis subidas desde a época 2000, os arouquenses enfrentam a sua segunda época na Primeira Liga com o objectivo de conseguir a manutenção o quanto antes.

A época anterior foi melhor do que muitos pensavam, já que o Arouca acabou por ficar com uma vantagem de sete pontos acima dos lugares de despromoção. Mas não ficou por aí:, o conjunto treinador por Pedro Emanuel conseguiu roubar pontos na casa de grandes oponentes, como Benfica, Estoril, Nacional, Braga ou Rio Ave.

Se o ano passado o plantel que o Arouca montou lhe bastou para obter a manutenção com certa facilidade, o conjunto de jogadores que tem Pedro Emanuel esta época dará, possivelmente, para pensar em maiores objectivos. Começando pela baliza: com a saída de Cássio para o Rio Ave, chegou o guarda-redes uruguaio Mauro Daniel Goicoechea, quem já demonstrou o enorme guarda-redes que é durante a pre-época e nos primeiros jogos da liga. Na defesa, a contratação mais conhecida (e mais utilizada) é Nelsinho. Nildo, procedente do Videoton, e Artur, do Marítimo foram as contratações mais importates para reforçar o centro do campo. Após da saída de Roberto e Lassad, os dois máximos goleadores da equipa, chegou Ulysse Diallo do Ferencváros da Hungria - Emanuel acabou por escolher André Claro como o ponta-de-lança da sua equipa. Roberto regressou (após ida falhada para a Rússia) e será uma adição de peso que conhece os cantos à casa.

Depois de disputada a pré-época e as primeiras jornadas da liga, parece que o treinador do Arouca optará por um 4-2-3-1 formado por Goicoechea entre os postes. A defesa estará formada por Diego e Miguel Oliveira no centro, enquanto Nelsinho e Iván Balliu serão os laterais. O duplo pivot no meio do campo será constituído Bruno Amaro e David Simão, e diante deles se encontrará o recém-chegado Artur, que jogará atrás do ponta-de-lança. Abertos nos corredores estarão Pintassilgo e Nildo. Por último, André Claro deverá ser o avançado, embora Ulysse Dialló espreite um lugar no onze.

O FC Arouca enfrenta a segunda época na primera divisão portuguesa na sua história, com o objectivo de prolongar essa estadia por mais um ano. Tentará segurar a manutenção o quanto antes e começar a pensar em maiores objectivos: o plantel e a boa imagem mostrada durante as primeiras jornadas dão para sonhar com tal meta.

Além da manutenção, ou uma possível qualificação na metade superior da tabela, o clube arouquense também procurará chegar o mais longe possível na Taça de Portugal, como na época 2012/13, quando ainda estava na Segunda Liga e chegou estoicamente aos quartos-de-final. Somente uma despromoção tornaria o ano um desastre - os adeptos esperam conseguir a manutenção e quem sabe uma surpresa nas das duas taças, e porquê não algum empate ou inclusive uma vitória ante um dos grandes.

Possível onze tipo

Dados do clube

Nome: Futebol Clube de Arouca

Fundação: 25 de Dezembro de 1951

Participações na Primeira Liga: 2013/14 e 2014/15

Melhor classificação: 12º na temporada 2013/14

Títulos: 0

Plantel

Nome Posição Procedência  Nacionalidade idade
Rui Sacramento Guarda-redes Arouca Portugal 29
Igor Rocha  Guarda-redes Arouca Portugal 21
Mauro Goecochea Guarda-redes FC Otelul Uruguai 26
Tomás Dabó Lateral direito SC Braga Portugal 21
Nelsinho Lateral esquerdo Portimonense Brasil 26
Ustaritz Defesa central Dínamo Tbilisi Portugal 27
Diego Galo Defesa Central Arouca Brasil 30
Miguel Oliveira Defesa Central Arouca Portugal 31
Tinoco Lateral esquerdo Arouca Portugal 28
Ivan Balliu Defesa central Arouca Espanha 22
Rui Sampaio Médio centro Beira-Mar* Portugal 27
Artur Médio centro Marítimo Portugal 30
Nildo  Extremo Videoton Brasil 28
Nuno Coelho Médio centro Arouca Portugal 27
B. Amaro Médio centro Arouca Portugal 31
Pintassilgo Médio centro Arouca Portugal 29
David Simao Médio centro Arouca Portugal 24
Lucas Colito Médio centro Defensores Belgrano Argentina 20
André Claro Avançado Arouca Portugal 23
Hugo Monteiro Avançado Arouca Portugal 29
Serginho Avançado Arouca Portugal 23
Tucka Avançado Formado en el club Portugal 18
Ulysse Diallo Avançado Ferencváros Malí 21
Roberto Avançado Arouca Portugal 25
Pedro Emanuel Treinador Arouca Portugal 39

Treinador

Nome: Pedro Emanuel dos Santos Martins Silva
Temporadas no clube: 2
Experiência: Académica, Arouca
Títulos: Taça de Portugal 2011/12

O ex-jogador do Porto e Boavista chegou ao Arouca ao início da época passada com o objectivo de manter-se na Primeira Liga. Um ano depois o objectivo é exactamente o mesmo - procurar a manutenção. Para isso o técnico nascido em Angola tem reforçado seu plantel com alguns grande qualidade como Goicoechea ou Nildo Petrolina, dois futebolistas com quem os adeptos arouquenses estão encantados. Com a saída do preponderante Ceballos, o treinador de 39 anos terá de pesquisar entre os jogadores do seu plantel um substituto de garantias firmadas.

É a segunda época de Pedro Emanuel ao frente do Futebol Clube de Arouca e tanto a directiva como os adeptos estão muito contentes com o angolano. Ninguém duvida que o objectivo da salvação se cumprirá e que o Arouca permanecerá outra época mais na primeira divisão portuguesa.

O líder

Nome: Evanildo Fernandes Gomes
Temporadas no clube: Estreia
Posição: Médio/Extemo
Experiência: Petrolina, Salgueiro, Trofense, Beira-Mar, Videoton

Após de uma época no Videoton da liga húngara onde, apesar de ter regularidade exibicional, acabou por não adaptar-se; Nildo volta a Portugal para voltar a ser aquele extremo que foi no Beira-Mar entre 2011 e 2013. Chega, juntamente com Goicoechea, como a contratação que mais dá esperança aos adeptos arouquense.

O brasileiro, é polivalente (algo que agrada a Emanuel) e pode actuar tanto a extremo como a médio-centro. O jogador de 28 anos é um futebolista muito rápido e com uma stamina tremenda, o que lhe permite percorrer o corredor e ajudar a defesa durante o jogo todo sem problemas. O ex-futebolista do Beira-Mar tem um bom toque de bola e pode ser um dos jogadores encarregados de marcar os cantos ou as faltas. É esquerdino, mas também sabe jogar com o pé direito, tem uma grande habilidade para fazer fintas pelos corredores.

Chega a Arouca com a intenção de voltar a maravilhar como fez entre a época 2010/11 e a 2012/13 em Aveiro. Para isso conta com a confiança do técnico, quem lhe tem escolhido como titular nos primeiros jogos de liga onde o extremo deixou muito boas sensações.

A não perder

Nome: Ulysse Diallo
Temporadas no club: estreia
Posição: Avançado

Experiência: Al-Sahel, Ferencváros

Com a saída dos principais avançados do Futebol Clube de Arouca da época passada e com a contratação do ponta-de-lança Ulysse Diallo, parece claro que o jogador de 21 anos terá de se afirmar e marcar os golos da equipa este ano. 

O futebolista chega a um clube português pela primeira vez na sua carreira após de um ano positivo no Ferencvaros húngaro, onde disputou 18 jogos e marcou quatro golos. O '9' de cento oitenta e dois centímetros chega ao Arouca sendo completamente desconhecido pelos adeptos e pela maioria dos seguidores do futebol português com vontade de demonstrar uma liga como a portuguesa o potencial que tem. Primeiro terá de adaptar-se e jogar os minutos que 'sobram' mas a metade da liga se espera que o jogador já se haja convertido num dos titulares do plantel.

VAVEL Logo
CHAT