Salvio, 10'; Talisca, 38', 43', 55'; Ola John, 76' Amarelados: Eliseu, 1'; Pedro Queirós, 17'; Gaitán, 30'; Miguel Lourenço, 40'; Dani, 45'; Salvio, 57'; Miguel Pedro, 85'
Vitória de Setúbal x Benfica,

Vitória de Setúbal x Benfica,

beatriz-goncalves
Beatriz Gonçalves
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Da nossa parte, resta-nos agradecer a sua escolha. Até à próxima!

Perante este cenário, o Benfica sobre provisoriamente à liderança isolada do Campeonato, somando 10 pontos. Contrariamente, o Setúbal mantém os 4 pontos com que já contava, deixando evidente que, perante tantas fragilidades, Domingos Paciência terá ainda muito trabalho na construção de uma equipa vencedora. No lado encarnado, foi demonstrada eficácia e solidez no meio campo, destacando a boa estreia de Samaris no miolo, mas principelmente os irrequietos e ansiosos Salvio e Talisca, ficando dadas boas indicações para o jogo de terça-feira, frente ao Zenit.

Os sadinos passaram o segundo tempo de cabeça perdida e foi sem surpresa que Ola John aproveitou mais um erro do último reduto setubalense, efectuando aquele que foi o quinto e último golo da partida. 

Após uma primeira parte equilibrada mas favorável aos púpilos de Jorge Jesus, que já venciam por 3 bolas ao intervalo, o Benfica entrou tranquilo para o 2º tempo. Com destaque para o quarto golo, que ditou o hat-trick de Talisca no encontro, o jovem brasileiro começa a impôr-se no clube da Luz, especialmente perante um Setúbal resignado que demonstrou infantilidade nas abordagens aos landes defensivos. 

Termina o jogo no Bonfim. Benfica vence por 0-5. 

92'. O Benfica domina claramente a posse de bola nos minutos finais, perante um Setúbal claramente derrotado de forma pesada. 

Vão jogar-se 2 minutos de compensação.

90'. Livre a favor do Vitória. Marca Zequinha, mas corta Máxi. 

89'. A pujança falta ao Vitória, que não consegue atacar com perigo significativo para a baliza de Artur. 

87'. Maxi faz falta sobre Zequinha, perto da área. Foi desnecessária a intervenção do defesa. 

85'. Cartão Amarelo para Miguel Pedro, que agarrou o grego Samaris. 

84'. A pouco mais de 5 minutos do final da partida, o jogo já está decidido a favor das águias e, ainda que não desistam, vê-se uma quebra no entusiasmo dos jogadores da equipa da casa. 

83'. Livre a favor dos encarnados. Bateu Ola John para cabeceamento de Salvio, mas a jogada em nada deu. 

82'. Lima falha de novo. Está difícil o regresso aos golos para o avançado brasileiro.

78'. Zequinha cai na área, alegadamente empurrado por Samaris, fica na dúvida se é penalti. Capela nada assinalou. 

77’. O quinto a favor das águias deve-se a Ola John, que soube aproveitar a jogada e concretizou com um remate implacável, deixando Raeder sem hipótese.

76’. GOOOOOLO! OLA JOHN!

75’. Fora de jogo assinalado a André Almeida.

73’. Substituição no Benfica: Sai Enzo Pérez, entra Cristante.

70'. Boa intervenção de Lima, que voltou a rematar frente a Raeder que, contudo, desviou a bola para canto. 

69'.  Cruzamento de Maxi para Lima, que remata em força mas, mais uma vez, sai ao lado. O Benfica procura o ataque, não satisfeito com os golos que já marcou. 

65'. Substituição no Benfica: Sai Gaitán, entra Ola John. 

65'. Substituição no Benfica: Sai Eliseu, entra André Almeida. 

64'. Falta de Salvio, perto da área adversária. 

62'. Substituição no Vitória: Sai Schmidt, entra Ney. 

61'. Fora de jogo assinalado a Maxi Pereira. 

57'. Cartão amarelo para Salvio.

55'. Após um remate atrapalhado de Salvio, devidamente defendido pelo guardião do Vitória, Talisca aproveitou a oportunidade e soube colocar a bola onde devia, aumentando ainda mais a vantagem dos encarnados e fazendo o seu terceiro golo, do Campeonato e do jogo. 

55'. GOOOOOOLO, HAT-TRICK DE TALISCA!

53'. O Vitória ataca mas a defesa benfiquista não deixa! Está difícil o golo para a equipa da casa. 

53'. Fora de jogo assinalado a Lima, que se preparava para correr quase isolado frente à área. 

50'. Tentativa de Lima, mas não e desta que o avançado regressa aos golos. A bola ia direitinha, mas passou ao lado. 

46'. Forbes tentou invadir as redes de Artur, mas foi uma defesa fácil para o guardião das águias. 

45'. Substituição no Vitória: Sai Pedro Queirós, entra Marcos Vinícius. 

45'. Substituição no Vitória: Sai Giovani, entra Forbes.

Começa a segunda parte no Bonfim!

Como quem não marca sofre, Talisca retirou da cartola dois tentos mesmo ao fechar da partida. Apesar da boa atitude da equipa da casa, a vantagem encarnada e indiscutivelmente justa, e nem mesmo o golo mal anulado aos sadinos retira chama à eficácia da formação encarnada. Neste panorama, o técnico Jorge Jesus pode já pensar em poupanças, sendo previsível uma segunda parte tranquila para as águias. 

Num primeiro tempo intenso e disputado desde o minuto inicial, de destacar um encontro que se vem a mostrar equilibrado e algumas jogadas de perigo de parte a parte, nomeadamente da frente encarnada. Os actuais campeões nacionais foram surpreendidos com o início atrevido dos sadinos, contudo foi Salvio a inaugurar o marcador de forma extraordinária com um tiro de pé esquerdo, ao qual o Setúbal reagiu bem. Neste panorama, destaque para o veloz e tecnicista Manu, que ainda assim acaba por ser o rosto da ineficácia dos homens da casa.

Fim da primeira parte no Bonfim!

45'. Cartão amarelo para Dani. 

45'. Raeder não pode ser inteiramente culpado, uma vez que foi a falta de visibilidade provocada pela barreira que impediu um melhor trabalho defensivo do guarda-redes.

44'. Na sequência do livre perigoso, Talisca marca o 2º na liga. Após o remate do tecnicista a bola foi direitinha à baliza, falhando a defesa de Raeder. 

43'. GOOOOOOOOOOLO!!!!!!!! Segundo de Talisca!!!!!!!!!!!!

41'. Cartão Amarelo para Miguel Lourenço, que oferece livre directo ao Benfica após falta sobre Talisca à entrada da área. 

39'. A claque Benfiquista puxa pelos jogadores, animada. 

38'. Após jogada confusa, é a vez de Talisca deixar a sua marca. Talisca passou a Gaitán, que cruzou mal mas, após a bola ressaltar num jogador do Vitória, Talisca aproveitou a hipótese e rematou eficazmente. 

38'. GOOOOOOLO DO BENFICA!!!

34'. Boa oportunidade para Gaitán, que cruzou da esquerda, mas a defesa adversária não deixou Talisca chegar à bola. 

32'. Gaitán tenta o cabeceamento, mas Raeden não deixa. 

31'. Agora é o Vitória quem muito joga na área de Artur, ainda que sem investidas de grande perigo. 

30'. Cartão Amarelo para Gaitán, após falta violenta em carrinho sobre Pedro Queirós. É justo o cartão. 

28'. A defesa das águias desviou a bola para um contra-ataque fraco, que foi facilmente parar às mãos de Artur. 

27'. Falta a favor do Vitória. Miguel Pedro vai bater. 

26'. Novo ataque do Vitória, masa defesa benfiquista foi pronta a travar a investida. 

24'. Jogo bastante equilibrado, como previsto, com ambas as equipas a procurar espaços por forma a marcar golo. 

22'. Vitória procura igualar o marcador e procura ser mais ofensivo, criando algumas dificuldades ao Benfica em tapar as saídas. 

20'. Falta de Talisca, mas sem penalização para o jogador. 

19'. Fora de jogo assinalado ao Vitória, após golo de Giovani. O marcador permanece vantajoso para o Benfica, ainda que o jogador não esteja, efectivamente, em posição irregular. 

17'. Cartão amarelo para Pedro Queirós após entrada sobre Talisca.

17'. Zequinha corre pela lateral quase isolado, mas a bola quase que é entregue a Artur, que apanha facilmente. 

15'. Salvio tenta de novo, mas a defesa adversária impediu o cruzamento. As águias ganham o canto. 

12'. Intensidade no jogo, com um Vitória que procura estar à altura do campeão nacional. 

10'. Grande jogada de Enzo Pérez, que seguiu com Gaitán para um golo sensacional de Salvio com o pé esquerdo, a fechar a jogada. Raeder não teve qualquer hipótese perante o Argentino!

10'. GOLOOOOOOOOOOO! SALVIO!!!!!!!

8'. Destaque para um bom início, com o Vitória a entrar em força e criar algumas dificuldades ao actual Campeão Nacional. 

6'. Benfica volta a resolver, desta vez com Eliseu a desviar a bola com um cabeceamento. 

5'. Novo livre para o Vitória, a pouco mais de 30 metros da área. 

3'. Primeiro lance de perigo do jogo, com o cruzamento de Salvio a falar perante a cerrada defesa do Setúbal. 

2'. O livre em nada deu, saindo a bola pela linha lateral a favor do Vitória. 

1'. Acaba o jogo de começar e Capela já mostra o primeiro cartão amarelo! Eliseu fez falta à entrada da grande área, acabando penalizado com o cartão. Livre perigoso a favor da equipa da casa.

Já rola a bola!

20:25. As equipas entram em campo!

20:20. A partida está prestes a começar e os jogadores já recolheram aos balneários.

20:05. Destaque para a integração de Samaris no onze inicial das águias, perdendo André Almeida a titularidade na posição 6 do miolo encarnado.

20:03. V. Setúbal: Raeder, Pedro Queirós, Venâncio, Miguel Lourenço, Advíncula, Dani, Miguel Pedro, Schmidt, Zequinha, Manú e Giovani. 

20:02. Benfica: Artur, Maxi Pereira, Jardel, Luisão, Eliseu, Samaris, Enzo Pérez, Gaitán, Salvio, Talisca e Lima. 

20:00. Já temos os onzes oficiais!

19:10. Na memória de ambas as equipas estará certamente o 8-1 histórico verificado na partida da época 2009/2010, na qual o Benfica se tornou campeão. Jesus levou de vencido Carlos Azenha com golos de Cardozo (3), Javi Garcia, Luisão, Aimar, Ramires e Nuno Gomes.

19:00. Por seu turno, Jorge Jesus valorizou o começo de temporada, afirmando que o Benfica joga melhor futebol que no arranque da época passada: «Comparando nesta altura, o Benfica está melhor do que na época passada, pois tem mais três pontos. Na minha opinião estamos a jogar melhor do que no início da época passada», considerou o técnico encarnado a meio da semana.

18:50. «O Benfica é um adversário mais forte do que o normal e com outras condições, mas não deixamos de pensar que podemos ganhar e fazer um bom trabalho, perante os nossos adeptos», afirmou o treinador dos sadinos, que contarão com uma casa cheia no Estádio do Bonfim. Apesar disso, boa parte dos adeptos estará a puxar pelo Benfica.

18:30. Algumas baixas consideráveis no lado sadino: Tiago Terroso, Hélder Cabral, Diego Maurício serão ausências para a partida de hoje, Paulo Tavares ficou também de fora das opções de Domingos Paciência.

18:20. Júlio César será a grande ausência: o internacional brasileiro iria estrear-se mas uma mialgia impediu que destronasse o inseguro Artur, que assim manterá a titularidade. Jesus não poderá contar com Amorim e Fejsa, ambos lesionados. Bryan Cristante é a novidade no lote de convocados; Andreas Samaris deverá ser titular e estrear-se no seu novo clube.

18:10. Se olharmos para os registos tendo somente em conta os jogos disputados no Bonfim, para a Liga, vemos que o Benfica vem de 4 vitórias sucessivas, o que mostra o conforto actual da equipa de Jesus em deslocar-se a casa do Vitória de Setúbal. Podemos verificar, inclusivamente, uma goleada de 0-5 ditada pelos tentos de Rodrigo (2), Salvio, Nolito e Enzo, na temporada 2012/2013.

18:00. O histórico de confrontos conta-nos uma história de superioridade encarnada: a última vez que os sadinos bateram o Benfica num jogo da Liga remonta ao mês de Maio de 1999, quando Toñito, aos 12 minutos, marcou o golo da vitória, no Bonfim. Desde então nunca mais o Vitória venceu o Benfica em jogos do campeonato, contando-se 20 vitórias das «águias» desde 1999. Entre elas figuram jogos memoráveis como o 8-1 na Luz em 2009/2010 ou o 2-6 no Bonfim, em 2002/2003. 

17:50. No centro da defesa da Luz, Jardel será novamente o companheiro de Luisão, reforçando assim a crença de que este será, finalmente, o ano do antigo jogador do Olhanense. Se tudo correr como previsto, Jardel fará a sua primeira temporada (completa) no Benfica como titular indiscutível - o mais perto que estivera desse triunfo pessoal fora na temporada em que Luisão foi castigado vários meses na sequência de um jogo amigável disputado na Alemanha, em 2012/2013.

17:40. O Benfica procura ainda a melhor estratégia para tornar o seu ataque fluído e imprevisível, já que o plano que consiste em juntar Talisca a Lima não tem dado resultados práticos ainda. Lima ainda não parece ter parceiro definido, já que o brasileiro recém-contratado está habituado a pisar terrenos mais recuados e com outras funções tácticas; quanto a Derley, não tem sido opção e com a chegada de Jonas deverá ser relegado para terceira ou quarta opção. 

17:30. No Vitória, a consistência táctica ainda se procura, com Domingos a trabalhar uma equipa que perdeu grande parte dos seus mais proficientes executantes, como Pedro Tiba, Ricardo Horta, Rafael Martins, Rámon Cardozo ou João Mário. Perdeu-se na explosão e na capacidade dribladora; tenta agora Domingos ganhar magia com Manú, João Schmidt, Pelkas, Advíncula ou Diego Maurício, todos eles reforços obtidos no defeso. Schmidt tem impressionado e já provou o doce sabor dos golos, contra o Gil.

17:20. Num Benfica ainda em clara construção, a magia ofensiva típica de Jorge Jesus ainda não despertou, sendo óbvio o período de adaptação e regeneração de uma equipa que perdeu Markovic, Siqueira, Rodrigo, André Gomes e outros mais. A formação de Jesus ainda não carbura eficientemente na elaboração do ataque, sempre congeminado por Gaitán e Enzo, os pensadores do processo ofensivo. O extremo argentino leva duas assistências e um golo na liga - dois passes mortíferos diante do Paços e um golo ao Sporting.

17:10. No «derby», Artur Moraes foi figura pela negativa: ofereceu literalmente o golo do empate a Slimani, com um péssimo passe depois de uma solicitação de Eliseu. O golo do argelino permitiu ao Sporting crescer psicologicamente e entrar na disputa da partida, taco-a-taco, algo que nos primeiros 20 minutos parecia simplesmente impossível. Artur voltou a revelar fragilidades técnicas e inseguranças antigas, confirmando que não está totalmente apto para segurar com assertividade a baliza do Benfica. 

17:05. Já o Benfica entrou a vencer na liga, com uma vitória tranquila frente ao Paços, por 2-0, com Maxi a marcar o primeiro golo encarnado na liga. Seguiu-se uma magra vitória diante do Boavista (0-1) graças a um golo de Eliseu, que marcou o primeiro golo com a camisola das «águias» vestida. A senda vitoriosa terminou na Luz, na jornada 3, com uma igualdade diante do rival Sporting, com golos de Gaitán e de Slimani (1-1). 

16:55. O Benfica desloca-se a Setúbal para defrontar a formação orientada por Domingos Paciência, ambicionando ganhar para pressionar o líder FC Porto, que leva 9 pontos em três jogos. O Benfica conta com 7 pontos, depois de ter tropeçado na Luz, diante do rival Sporting. O Vitória de Setúbal soma 4 pontos na liga: entrou a perder com o Rio Ave (2-0), bateu o Gil Vicente em casa (2-0) e trouxe um ponto de Coimbra (1-1 diante da Académica).

16:40. Sejam muito bem-vindos à transmissão do Vitória de Setúbal x Benfica, jogo da quarta jornada da liga portuguesa, que será disputado no Estádio do Bonfim, casa sadina. Fique com VAVELcom e acompanhe todos os dados da partida, análises tácticas e os lances do jogo que abre a quarta jornada do campeonato.

VAVEL Logo
CHAT