Adrián López: haverá um Elefante branco no Dragão?
Adrián López ainda não convenceu ninguém: crítica, adeptos e o próprio treinador.

Adrián López: haverá um Elefante branco no Dragão?

Reforço mais caro do Campeonato Português longe das opções iniciais de Julen Lopetegui; Investimento milionário suscita dúvidas e tarda em ser justificado.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

É o reforço mais caro da edição 2014/15 do Campeonato português mas ainda não justificou os 11 milhões de euros investidos pelo FC Porto na sua contratação. Seja pelo seu rendimento nos treinos, seja pelas suas performances exibicionais, ou pura e simplesmente pela ausência de golos até ao momento, o espanhol continua a não convencer os cépticos que desde logo questionaram o valor pago pelos azuis e brancos ao Atlético de Madrid por 60 % dos seus direitos económicos.

Apesar de ter sido uma aposta de Julen Lopetegui, o avançado  de 26 anos está por agora longe das opções principais do treinador do FC Porto, e depois de um parco rendimento evidenciado nas últimas partidas, foi inclusivamente retirado da lista de convocados para a partida deste domingo com o Vitória de Guimarães

Negócio com «colchoneros» gera dúvidas 

Há cerca de três/quatro temporadas, Adrián López era uma das estrelas emergentes do futebol espanhol, sendo cobiçado pelos principais clubes da "La Liga" numa altura em que despontava no Deportivo da Corunha.

Esta imagem tem três anos. Onde mora pára o faro goleador de Adrián López? (Foto: express.co.uk)   

A boa campanha ao serviço do clube galego valeu ao avançado uma transferência para o Atlético de Madrid, clube onde iria ser uma das figuras de destaque na gloriosa época de 2011/12 que culminou com a conquista da Liga Europa sobre o Atlético de Bilbao. Adrián foi decisivo na competição ao facturar 11 golos, marcando um total de 19 ao longo de toda a temporada.

Mas os dois últimos anos não foram felizes e os três golos marcados em 39 jogos atestam isso mesmo. O avançado espanhol perdeu espaço na formação comandada por Diego Simeone e o seu pecúlio nas duas últimas temporadas é verdadeiramente decepcionante: 7 golos marcados em 86 jogos.

Daí que os 11 milhões de euros investidos pelos dragões, e por "apenas" 60 % do seu passe, tenham surpreendido o mundo do futebol e levantado muitas dúvidas sobre os verdadeiros contornos do negócio. Há quem ponha em causa que o FC Porto tenha de facto pago este valor, tendo em consideração contas antigas por fazer com os «colchoneros», mas independentemente de tudo isso fica a dúvida, nesta altura, sobre a real utilidade de Adrián López na actual equipa dos portistas.

O espanhol é já considerado uma das piores contratações do último mercado no futebol europeu, e os adeptos dos azuis e brancos continuam a perguntar «por que quis o FC Porto pagar 11 milhões de euros por um avançado que marcou 4 golos na última temporada?» Uma dúvida para esclarecer ao longo das próximas semanas. 

VAVEL Logo
CHAT