Afirmação do leão passa pela Eslovénia

Afirmação do leão passa pela Eslovénia

Cinco anos depois o Sporting volta à fase de grupos da Liga dos Campeões. Corria a temporada 2008/2009 quando os leões frequentaram, pela última vez, a alta roda do futebol europeu. Inseridos numa realidade totalmente diferente, os verde-e-brancos iniciam o seu caminho diante do Maribor, na Eslovénia, naquele que os adeptos leoninos esperam que seja o primeiro de muitos jogos na Liga milionária.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Barcelona, Shakthar Donetsk e Basileia, foram estes os adversários do Sporting na sua última participação na fase de grupos da Liga dos Campeões. Apesar das duas derrotas diante dos catalães, a equipa treinada, na altura, por Paulo Bento, levou a melhor sobre ucranianos e suiços, alcançando assim uma passagem inédita aos oitavos de final da prova...e o resto...é história. (foto:desportugal.blogspot.com)

Cinco épocas depois a equipa de Alvalade regressa à prova maior do futebol europeu; e chega com outra equipa, outra direcção, outra filosofia; uma equipa propulsionada pela sua juventude e irreverência, determinada a vincar o seu regresso a um grupo a que desde sempre pertençe, o dos maiores clubes europeus.

Como é óbvio a tarefa não se adivinha fácil. Com efeito, se os leões se podem dar por satisfeitos por terem evitado grupos de maior “quilate”, a verdade é que Maribor, Schalke 04 e Chelsea constituem obstáculos de respeito, e com os quais o Sporting terá certamente duras batalhas em nome de pontos, prestígio...e prémios de jogo.

Esquecer problemas domésticos

A viagem até à Eslovénia surge num período mais complicado para os leões a nível interno. Com dois empates consecutivos - o último dos quais em casa diante do Belenenses - o Sporting tem 4 pontos de diferença em relação aos mais directos adversários, uma situação que, não sendo grave, não deixa de preocupar.

Apesar da juventude do plantel, é de esperar que a equipa leonina consiga separar as duas competições, e galvanizar-se com o palco que é a Liga dos Campeões, fazendo valer a maior qualidade dos seus jogadores para iniciar a liga milionária com uma vitória.

É essa a resposta que Marco Silva espera da sua equipa. O treinador leonino não pensa no campeonato nacional, e espera que os jogadores tenham uma prestação bem superior à protagonizada no último sábado. (foto: abola.pt)

«É uma competição diferente, já analisámos o jogo passado, que faz parte do nosso processo de crescimento. É óbvio que esperamos uma resposta diferente em relação ao último jogo, vamos entrar numa competição diferente, o nosso foco já virou e queremos dar uma resposta positiva. Queremos entrar da melhor forma e desfrutar da emoção destes jogos, sendo sérios e somando pontos.» .

Em relação ao adversário, o técnico deixa elogios ao Maribor, revelando também alguns aspectos particulares do seu futebol.

«O Maribor já tem 15/16 jogos nesta fase da época, fez a fase de qualificação para a Liga dos Campeões, eliminando o campeão de Israel e o Celtic. Por vezes parece que entrega o jogo ao adversário, mas torna-se depois muito forte nas transições, com avançados muito móveis na frente. Esperamos um jogo muito difícil, mas queremos dar boa resposta e estamos confiantes. Sendo seis jogos, começando com uma vitória será bom para ganharmos confiança».

Apenas quatro jogadores leoninos já fizeram jogos na Liga dos Campeões, contudo, o treinador português desvaloriza a situação. «Também é a minha estreia, mas importa é o regresso do Sporting à Champions, competição na qual faz todo o sentido marcar sempre presença. Há jogadores com mais ou menos experiência na competição, mas também vamos defrontar um adversário com jogadores com pouca experiência na competição.» .

Marco Silva chamou 21 jogadores para o jogo com o Maribor; a grande dúvida continua a ser Cédric Soares. O lateral direito viajou com o resto da equipa, mas ainda não se sabe se vai alinhar de início no Estádio Ljudski Vrt. (foto: abola.pt)

Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck;
Defesas: Ricardo Esgaio, Maurício, Paulo Oliveira, Naby Sarr, Jefferson, Cédric e Jonathan Silva;
Médios: William Carvalho, Oriol Rosell, Adrien, João Mário, André Martins, Carrillo, Carlos Mané e Capel;
Avançados: Nani, Montero, Tanaka e Slimani.

Equipa provável

Nada a perder

Se o Sporting não marca presença na Liga dos Campeões há 5 anos, já o Maribor soma 15 sem por os pés na liga milionária. Na temporada 1999/2000, os eslovenos terminaram em último do grupo A, com apenas 4 pontos. O regresso à alta roda europeia não foi fácil; para cá chegar, os eslovenos eliminaram o Maccabi Tel Aviv e o Celtic de Glasgow, cliente habitual da Liga dos Campeões.

Para o encontro desta 4ª feira, o treinador antevê um Sporting agressivo e dinâmico, Ante Simundza aproveitou ainda para elogiar o clube português. (foto: uefa.com)

«O Sporting é uma equipa portuguesa típica, muito dinâmica, forte, agressiva e rápida. Tem grande reputação na Europa, é muito respeitada» .

Já em relação aos seus jogadores, Simundza realça que estão preparados, e muito motivados para o grande desafio da Liga dos Campeões. Afirma que os jogadores estão cientes da responsabilidade, mas não acusam a pressão.

«Os meus jogadores estão mental e fisicamente prontos para o desafio que os espera. Têm consciência da importância e da qualidade da competição, mas não sinto neles qualquer pressão. Acumulámos experiência na Liga Europa e o salto para a Champions constitui motivação suplementar» .

Equipa provável:

VAVEL Logo
CHAT