Pascal Wehrlein, a nova coqueluche da Mercedes
Pascal Wehrlein em Lausitzring (foto: Mercedes-Benz)

Pascal Wehrlein, a nova coqueluche da Mercedes

O jovem alemão compete no DTM e tem tido prestações bastante convincentes, que levaram os chefes da Mercedes, a torna-lo o próximo piloto de reserva da equipa. Mas porquê Pascal Wehrlein?

pedro-mendes
Pedro Mendes

Wehrlein tem apenas 19 anos mas destacou-se este ano por dois motivos: conseguiu dar nas vistas no DTM, numa altura em que a Mercedes se arrastava em pista e esteve envolvido no acidente de Maio, juntamente com Rosberg, na rodagem de um anúncio comercial para a Mercedes.

Para além disso, dizem os entendidos, que o piloto alemão é uma das novas esperanças germânicas do automobilismo. Apenas o tempo o dirá!

A competir desde 2005

Embora tivesse uma experiência com karts em 2003, Wehrlein apenas começou a competir nessa modalidade em 2005, onde esteve até 2009. Nesses 4 anos, Pascal subiu ao pódio 81 vezes, com 44 vitórias obtidas, apenas a pilotar em pistas alemãs, mas cedo começou a trabalhar para chegar à categoria KF2. Depois disso terminou em 5º na ADAC Kart Masters.

Em 2010 deu um passo em frente, começando a competir na Fórmula ADAC Masters, onde terminou em 6º da geral, com uma vitória e três pódios. Na segunda época, foi campeão, com 7 vitórias em 24 corridas.

Em 2012 muda de campeonato e chega à F3 Euroseries, terminando a competição em 2º e em 4º na European F3 Championship. Em Novembro desse ano, compete na prestigiada prova do Circuito de Macau, terminando a corrida em 5º, a 3.4s do vencedor, António Félix da Costa.

Chegada ao DTM

Em 2013, Wehrlein ainda competiu na “nova” European Formula 3, apenas entrando em 3 corridas, passando logo para o DTM. O campeonato de turismo alemão é extremamente competitivo, com vários pilotos da F1 a terem passado por lá. Pascal Wehrlein entrou em 2013 para o DTM, para uma equipa de segundo plano, mas mostrou-se aos chefes da Mercedes, terminando em 22º lugar com 10 corridas no curriculum.

A primeira vitória de Wehrlein no DTM, aconteceu no fim de semana passado (foto in: http://autosport.nl)

Em 2014, foi para uma equipa de primeira linha da marca e é 7º no campeonato. Na última corrida, em Lausitzring, a 8º ronda do campeonato, Wehrlein venceu, conseguindo também a pole position. Até ao momento tem apenas essa vitória, mas ainda faltam 2 corridas para o fim da temporada e o campeão já foi encontrado, pelo que Pascal Wehrlein pode conseguir subir na tabela de pilotos.

Em princípio Wehrlein continuará no DTM ao mesmo tempo que assume o lugar de piloto de reserva da Mercedes, tal como acontece actualmente com Félix da Costa, piloto de reserva da Red Bull.

VAVEL Logo
CHAT