Hamilton vence na noite de Singapura
Lewis Hamilton conquista GP de Singapura e a liderança no campeonato (Foto:Mercedes)

Hamilton vence na noite de Singapura

O piloto inglês da Mercedes fez o pleno: após conquistar a pole-position ganha também a corrida; é a sua sétima vitória da temporada, numa prova marcada pelo abandono de Nico Rosberg e consequente perda do primeiro lugar do campeonato pelo alemão.

joao-pereira
João Pereira

Lewis Hamilton venceu este domingo o Grande Prémio de Singapura em Fórmula 1. O fim-de-semana foi sensacional para o piloto inglês que, além de conquistar a pole-position e vitória na corrida, alcançou o primeiro lugar do campeonato devido ao abandono do colega de equipa. O pódio ficou completo pelos dois Red Bull, Sebastien Vettel em 2ºlugar e Daniel Ricciardo em 3º.

Hamilton com corrida facilitada logo à partida

Ainda antes do arranque deste GP de Singapura, Nico Rosberg foi obrigado a partir das boxes com problemas no monolugar, onde nem os botões do volante, tirando as patilhas de caixa de velocidades, funcionavam. Na volta de aquecimento também Koboyashi ficava de fora com o seu Caterham.

A corrida começou sem incidentes; de destacar foi o excelente arranque dos dois Ferrari, com Fernando Alonso a ganhar posição aos dois Red Bull mas a ter que ceder posição a Vettel por ter exagerado na travagem da primeira curva e ter cortado a mesma.

Hamilton começou a aumentar a sua vantagem perante os seus adversários e nem a primeira paragem nas boxes por parte dos pilotos alterou qualquer posição. Foi nesta primeira paragem (volta 14) que Nico Rosberg foi obrigado a abandonar, quando o seu monolugar parou e não mais arrancou, com a Mercedes a fazer de tudo para reiniciar os sistemas e mesmo trocando o volante do alemão.

Problemas de Rosberg começaram logo na partida (Foto: Sutton)

Vergne também teve uma penalização de “5 seconds stop/go” por ultrapassar os limites da pista e ganhar vantagem. Nesta altura, o consumo dos monolugares era o esperado por todas as equipas, com vantagem para os motores Mercedes que tinham um consumo menor.

Segundas paragens e Safety-car em pista

As segundas paragens nas boxes, que ocorreram entre as voltas 23 e 31, trouxeram estratégias diferentes, com Fernando Alonso e Lewis Hamilton a manterem os pneus super macios e os Red Bull a trocarem os pneus super macios por macios. Nestas paragens, de destacar o espanhol da Ferrari, a ganhar uma posição a Vettel, que na altura era 2º.

Corria-se a volta 31 quando, em ultrapassagem de Sergio Perez ao Sauber de Sutil, toque na asa dianteira do mexicano fez com que esta explodisse em pequenos fragmentos, forçando a entrada do safety-car.

A asa dianteira de Perez explode e faz entrar o safety-car (Foto:Sutton)

Com a entrada do safety-car, Button, Räikönen e Alonso aproveitaram para parar e trocar os pneus super-macios por macios. Hamilton e os dois Red Bull optaram por se manter em pista. Na volta 37, o safety-car retirou-se.

Recomeço da corrida e grande ritmo de Hamilton

Com a saída do safey-car, o recomeço da corrida ocorreu sem problemas, mas com Hamilton a ser obrigado a ir às boxes para ainda colocar os pneus macios. Os Red Bull optaram por continuar até ao fim da corrida com os mesmo pneus. Apesar do impressionante ritmo da prova, a corrida terminaria após se ter atingido o limite de 2 horas de corrida.

De destacar ainda o grande final de corrida de Vergne e de Perez, que ganharam várias posições. Em termos de abandonos, há a destacar o de Button, na McLaren, quando o inglês lutava pela sexta posição. Rosberg, Kobayashi, Sutil e Gutierrez foram os outros pilotos marcados com DNF.

Os lugares pontuáveis ficaram para Fernando Alonso, a realizar uma excelente corrida, no 4ºlugar, seguido de Massa,Vergne, Perez, Räikkönen, Hulkenberg e, no ultimo lugar pontuável, Magnunssen.

Classificação GP de Singapura:

1 Hamilton Mercedes 2:00:04.795
2 Vettel Red Bull +13.534s
3 Ricciardo Red Bull +14.273s
4 Alonso Ferrari +15.389s
5 Massa Williams +42.161s
6 Vergne Toro Rosso +56.801s
7 Perez Force India +59.038s
8 Raikkonen Ferrari +60.641s
9 Hulkenberg Force India +61.661s
10 Magnussen McLaren +62.230s
11 Bottas Williams +65.065s
12 Maldonado Lotus +66.915s
13 Grosjean Lotus +68.029s
14 Kvyat Toro Rosso

+72.008s

15 Ericsson Caterham +94.188s
16 Bianchi Marussia +94.543s
17 Chilton Marussia +1 volta
18 Button McLaren DNF
19 Sutil Sauber DNF
20 Gutierrez Sauber DNF
21 Rosberg Mercedes DNF
22 Kobayashi Caterham DNF

Classificação Mundial de Pilotos (top-10):

1 Hamilton Mercedes 241 pontos
2 Rosberg Mercedes 238
3 Ricciardo Red Bull 181
4 Alonso Ferrari 133
5 Vettel Red Bull 124
6 Bottas Williams 122
7 Button McLaren 72
8 Hulkenberg Force India 72
9 Massa Williams 65
10 Perez Force India 45

A próxima corrida será o GP do Japão, no fim-de-semana de 3 a 5 de Outubro, no famoso circuito de Suzuka.

VAVEL Logo
CHAT