Paulo Bento deixa a selecção em ambiente controverso

Paulo Bento deixa a selecção em ambiente controverso

A saída de Paulo Bento levantou dúvidas, o ex-seleccionador admite ter sido demitido, já Fernando Gomes afirma que foi Bento quem disse não ter condições para permanecer no cargo.

ines-figueiredo
Inês André de Figueiredo

Fernando Santos começou hoje o seu percurso como seleccionador nacional, o sonho tornou-se realidade mas para trás fica uma equipa encabeçada por Paulo Bento, cujas espectativas não foram alcançadas no último Mundial no Brasil. A relação entre ambos os treinadores parece ser amigável, Fernando Santos confirmou ter recebido uma mensagem de Paulo Bento a desejar «a melhor sorte do mundo».

Fernando Santos encabeçava a lista de favoritos a seleccionador nacional, mas o consenso na Federação nem sempre existiu. A saída de Paulo Bento é vista de diferentes maneiras: Fernando Gomes afirma «Paulo Bento disse-me que não tinha condições”, já o ex-seleccionador assegura que a “decisão foi da direcção». Resta esclarece, neste contraditório, quem teve realmente a iniciativa de desencadear a saída de Bento.

Após o Mundial do Brasil muitos esperavam uma reviravolta na selecção que acabou por não acontecer, porém a derrota com a Albânia levantou os lenços brancos e deixou Paulo Bento numa situação complicada. No final da partida revelou «não sei se o meu lugar está em causa» e mais do que nunca o seu lugar parecia instável.

Mais tarde surgiu a hipótese de Cristiano Ronaldo ter feito parte da decisão em relação à saída de Paulo Bento, mas o ex-treinador não acredita «porque se invertiam os papéis». Bento acabou por abandonar a selecção numa situação controversa em que não se entende de quem partiu a deliberação mas é certo que as versões chocam e não apontam certezas.

VAVEL Logo
CHAT