Benfica leva Talisca ao Estoril, para consolidar liderança
Talisca já marcou frente ao Estoril esta época. (Foto: Isabel Cutileiro/SL Benfica)

Benfica leva Talisca ao Estoril, para consolidar liderança

O Benfica desloca-se, hoje às 18:30, ao terreno do Estoril-Praia, como líder do campeonato e com hipótese de aproveitar a perda pontual do FC Porto para alargar a sua vantagem. Em caso da derrota, oferece aos da casa a sua segunda vitória na prova.

maraguerra
Mara Guerra

«A Champions é importante, mas o mais importante é voltar a ser campeão». É assim que Jorge Jesus enfatiza a deslocação do Benfica ao terreno do Estoril, que antecede o jogo com o Bayer Leverkusen, a contar para a 2ª jornada da Liga dos Campões.

Os encarnados partem para a Amoreira com a tranquilidade adquirida na liderança, mas com a advertência de que é preciso continuar a somar pontos, que a competição ainda vai no início. «Já tive campeonatos em que não tenho ido à frente, não é muito importante, o importante é sabermos o que estamos a fazer, trabalhar na qualidade da equipa, sabermos que é um campeonato longo e que as equipas têm melhores e piores períodos», assume o treinador.

Embora pronto a aproveitar a tendência ascendente dos últimos encontros, Jesus reconhece nos «canarinhos» um forte opositor , capaz de baralhar as contas da Luz. «O Estoril é uma equipa de qualidade, com bons jogadores, bom treinador e tem um estádio que é difícil para as equipas grandes. Vai ser um jogo muito disputado», atirou.

Estoril pronto para meter a segunda

Uma vitória isolada no campeonato não revela o melhor período para o grupo de José Couceiro, que em cinco jogos aproveitou cinco pontos. Duas derrotas e dois empates, tornam crescente a necessidade de reverter as insuficientes exibições da equipa, que poderia ganhar moral acrescida ao fazer cair um dos grandes em sua casa e, assim, conseguir a sua 2ª vitória. Para tal, há que reforçar o sector defensivo, fragilizado com um significativo registo de golos sofridos. «Temos tido uma prestação longe daquilo que pretendemos, mas quando nos tornarmos defensivamente mais fortes, a equipa, no seu conjunto, irá fazer muitos mais pontos», antevê Couceiro.

Apesar de detectada a falha na estrutura estorilista, o técnico não pretende embarcar em transformações significativas no onze que vai defrontar o Benfica: «Por defrontarmos uma equipa de grande dimensão não é motivo para alterarmos o nosso modelo de jogo».

Talisca pode ser trunfo e Ola Jonh titular

Alterações podem ocorrer, no entanto, na equipa da Luz, depois de confirmada a recuperação de Talisca para a deslocação de logo. No entanto, quem acompanhará Lima na frente do ataque continua a ser uma verdadeira charada. Por um lado, Talisca já deu boas indicações na concretização, nomeadamente no hat-trick frente ao Vitória de Setúbal para a 3ª jornada, e tendo já marcado frente ao Estoril nesta época, para a Taça de Honra.

Por outro, Ola Jonh parece sorrir a Jesus na conquista pela titularidade. «O Ola John deu uma resposta muito boa daquilo que pode fazer em Setúbal e agora voltou a fazer o mesmo com o Moreirense. Desequilibrou, fez a diferença.(…) Está a dizer que tenho de olhar para ele. Queremos rentabilizar a qualidade dele, é um jogador muito forte no um-para-um», analisou o técnico.

A aumentar o leque de opções na frente do terreno, mas também a complicar a equação da entrada no onze, estão ainda Nélson Oliveira e Derley, sendo que Jonas não deverá ser opção, uma vez que, segundo a visão de Jesus, «ainda não está pronto».

Clássico foi, afinal, importante

Aquando a antevisão do Benfica-Estoril, Jorge Jesus ainda não tinha conhecimento do resultado do clássico Sporting CP- FC Porto, jogado esta sexta-feira, pelo que desvalorizou a possível vantagem que a sua equipa poderia ganhar com o desfecho deste embate entre rivais. Este acabou por ser favorável ao Benfica, que com o empate do Porto em Alvalade (1-1) tem a hipótese de reforçar a sua liderança e conseguir a vantagem de 4 pontos face aos dragões.

Se conseguir a vitória no Estoril, os encarnados liderarão a tabela com 16 pontos e conseguirá o mesmo número de vitórias na Amoreira. No histórico de confrontos entre as suas equipas, o Benfica só saiu deste campo a perder por uma vez e empatou cinco dos jogos. 

Onzes Prováveis

VAVEL Logo
CHAT