Benfica x Arouca: vislumbram-se estreias de Jonas e Lisandro

A equipa orienta por Jorge Jesus tem dupla intenção para a recepção ao Arouca, de Pedro Emanuel: manter a firmeza na liderança isolada do campeonato e ultrapassar a derrota ante o Leverkusen, sofrida esta semana para a Liga dos Campeões. Para os visitantes, impõe-se uma vitória moral na Luz, depois de sofrida a primeira derrota em casa, frente à Académica na jornada anterior. Para além disso, são convenientes os três pontos, já que o Arouca reuniu apenas sete, até agora, no campeonato, ocupando o 10º lugar da tabela classificativa.

Jonas e Lisandro estão preparados

Depois de ter admitido na última jornada, em antevisão do jogo com o Estoril, que Jonas ainda não estava preparado para entrar em convocatória, Jorge Jesus resolveu agora chamar o avançado contratado ao Valência, para se estrear frente ao Arouca.

«Nestas três ou quatro semanas estivemos a trabalhar especificamente o Jonas. Esta semana apresentou-se já com nível físico satisfatório. (…) Vai ser a estreia dele e acreditamos no valor dele», explicou o treinador.

Artur vai à baliza

As redes encarnadas deverão ser ocupadas pelo guardião mais antigo da casa, Artur Moraes. Embora a titularidade da baliza pareça ser questão não arrumada na Luz, Jesus tem a escolha facilitada, já que Júlio César é baixa confirmada, após ter contraído uma lombalgia. Recorde-se que o brasileiro foi titular na derrota por 3-1 na Alemanha.

Quem também não poderá alinhar na partida é Jardel e também por motivo de lesão. A substituição passará por Lisandro ou César, contudo, o técnico preferiu não revelar a sua aposta. Em ambos os casos, ocorrerá uma estreia absoluta no eixo da defesa encarnada - Lisandro López leva vantagem rumo à titularidade.

Arouca quer roubar pontos ao campeão

Na época passada, naquela que foi a primeira deslocação do Arouca ao Estádio da Luz para jogar o Campeonato Nacional, a partida terminou empatada a duas bolas. Agora, Pedro Emanuel espera repetir o histórico e viajar para casa com pontos, mesmo que pela frente tenha de derrubar o actual campeão em título.

«Nada melhor que defrontar um adversário forte, um candidato ao título que está em primeiro lugar, o campeão nacional e que, por isso mesmo, nos motiva ainda mais naquilo que é a disputa do jogo, dos pontos, que é para isso que entramos em campo em qualquer estádio, independentemente do adversário», declarou o técnico do Norte.

Onzes prováveis:

VAVEL Logo