Sporting: Sócios aprovam processos contra antigos dirigentes
Godinho Lopes vai mesmo responder em Tribunal pelo seu trabalho ao serviço do Sporting. (Foto: ASF)

Sporting: Sócios aprovam processos contra antigos dirigentes

Na Assembleia-Geral deste domingo, os associados do clube de Alvalade disseram «sim» à proposta para levar Godinho Lopes, Nobre Guedes, Luís Duque e Carlos Freitas a Tribunal.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Noventa e um por cento dos trezentos e trinta e cinco associados que estiveram hoje presentes na Assembleia-Geral do Sporting aprovaram os processos judiciais contra antigos membros dos órgãos sociais da direcção antecessora da presidida por Bruno de Carvalho, na altura dos acontecimentos liderada por Luiz Godinho Lopes.

Recorde-se que esta proposta resultou da conclusão da primeira fase da Auditoria de Gestão levada a cabo pela actual admnistração leonina, e que de entre as várias suspeitas em causa se destacam a de que a anterior direcção poderá ter lesado o clube em mais de 6,5 milhões de euros com as contratações de Jéffren e Rodríguez (ambos com problemas físicos) e a renovação de Marat Izmailov (numa altura em que ainda tinha dois anos de contrato e acusava igualmente de persistentes lesões).

Com o «sim» dos sócios do Sporting, Godinho Lopes e os restantes membros executivos terão mesmo de ir responder em Tribunal perante as acusações da direcção liderada por Bruno de Carvalho.

Relatório e Contas e Pavilhão também avançam

ionBruno de Carvalho avança com a construção do Pavilhão prometido antes de ser eleito. (Foto: Sporting)

Outros dois pontos relevantes levados a votação na AG desta noite prendiam-se com a aprovação do Relatório e Contas de 2013/14, o qual resultou num regresso aos lucros da SAD, e a construção do novo Pavilhão das modalidades para o clube. Ambas as propostas foram aprovadas, a primeira por unanimidade e a segunda com apenas dois votos contra. 

VAVEL Logo