Anderson Talisca: o destaque das primeiras jornadas

Anderson Talisca: o destaque das primeiras jornadas

Talisca tem estado nas graças dos analistas depois de uma excelente arrancada de temporada. Em Vavel Portugal damos destaque ao jogador do Benfica e analisamos o seu percurso, desde a formação aos dias de hoje.

paulopereira79
Filipe Paulo

Com o número 30 e apenas 20 anos Anderson Souza Conceição 'arrisca-se' a ser uma das personagens principais desta época do Benfica. Aos 75 minutos, o Benfica desfez finalmente o nulo no Estádio da Luz. Talisca combinou com Derley, recebeu mais à frente e depois rematou para o fundo da baliza do Arouca. Neste momento é a coqueluche dos adeptos do Benfica e é também um dos jogadores mais em evidência do nosso campeonato. O brasileiro foi ainda eleito o homem do jogo diante do Arouca.

Marcou 3 e marcou a História do Benfica

Talisca já tinha inscrito o nome na história do Benfica ao conseguir, na época de estreia, um hat-trick ao fim de quatro jornadas na Liga. Um feito que ninguém alcançava desde Eusébio da Silva Ferreira. Se alargarmos a contagem até às primeiras dez partidas oficiais realizadas com as cores encarnadas, Talisca, rei dos artilheiros na Liga, é superado pelos arranques fulgurantes de Lima, Rodrigo e Nolito. Em 2011/12, os atuais atacantes de Valência e Celta de Vigo tinham, respetivamente, seis e sete golos após o 10.º encontro oficial pelo Benfica.

Lima facturou por oito ocasiões. Anderson Talisca não pára de crescer em Portugal. Em evidência desde que começou a actuar pelo Benfica, o atleta revelado pelo Bahia é apontado como uma das melhores aquisições nesta temporada. Especula-se que Talisca está a ser observado por gigantes europeus, como o Chelsea de José Mourinho, o Liverpool e o Arsenal. O primeiro golo foi contra o Estoril num jogo de carácter particular que deu a vitória à equipa encarnada, seguido pelo hat-trick ao Vitória de Setúbal na quarta jornada, dois na sexta novamente ao Estoril e, por fim, um ao Arouca na sétima.

Promissor Talisca singrou no Bahia

Formado no Bahia onde chegou em 2009, Talisca fez sua estreia como profissional com apenas 18 anos, no Campeonato do Nordeste no dia 19 de janeiro de 2013 contra o Itabaiana em partida que terminou 3 x 2. Para o Bahia marcou o seu primeiro golo na partida contra o Juazeiro em jogo para as meias finais do Campeonato Baiano e estreou-se no Campeonato Brasileiro contra o Corinthians a 7 de julho de 2013 partida vencida pela equpa da Bahia 2 x 0. Marcou o seu primeiro golo no Brasileirão na partida contra o São Paulo no Estádio do Morumbi que terminaria 2 x 1 pra o tricolor.

A 1 de dezembro Talisca marca diante do Cruzeiro, em pleno Mineirão, na penúltima jornada do Brasileirão aos 44 minutos do segundo tempo 2 x 1, golo esse que garantiu o Bahia na primeira divisão e foi a primeira vez que o tricolor venceu no Mineirão para o campeonato brasileiro em vinte e uma  
partidas disputadas.

Desde cedo acima da média

Em 2014, Talisca apresentou um futebol acima da média, protagonizando destaque não só nos mídia baianos, como também nos mídia nacionais. Talisca tornou-se referência para lances de bola parada, e remates de fora da área. Foi eleito melhor jogador do Campeonato Baiano 2014, torneio que o Bahia sagrou-se campeão pela 45ª vez. Nele Talisca afirmou-se como melhor jogador da equipa ao ser decisivo em jogos como o triunfo contra o Vitória da Conquista, na cidade homónima, com dois belos golos na cobrança de faltas e também os dois jogos finais do torneio, onde ele fez um dos golos do triunfo na Arena Fonte Nova, e fez grande exibição no segundo jogo, garantindo o título ao Bahia.

No Campeonato Brasileiro de 2014, Anderson Talisca começou bem até a pausa para o Campeonato do Mundo, onde foi o jogador que mais rematou para golo e marcou golos importantes, como o de empate contra o Flamengo, nos descontos. Com esse grande futebol, e o Bahia cada vez mais evidente nos mídia nacionais e internacionais, Talisca despertou o interesse de clubes europeus, como a Udinese, da Itália, e o Standard Liège, da Bélgica. Não ia demorar muito para Talisca definitivamente deixar o Bahia.

A transferência para o Benfica deu-se por quatro milhões de euros e ninguém julgava que este jogador tivesse o peso que neste momento tem na equipa. Costuma jogar entre o meio campo e o ataque na equipa de Jesus mas no Brasil estava habituado a jogar no meio campo mas com poucas ou nenhumas funções defensivas e o futebol na europa é mais defensivo que o Brasileiro. Isso talvez lhe tenha criado alguns problemas ao principio mas em parte estão solucionados.

VAVEL Logo
CHAT