Víctor García: «Em Portugal fui mal interpretado»

Víctor García: «Em Portugal fui mal interpretado»

O jovem defesa venezuelano foi convocado pela primeira vez a nível sénior na selecção «Vinho Tinto» , que está a estagiar em Madrid. Vavel.com deslocou-se até lá para falar exclusivamente com o jogador do Porto B.

juanrodrigues
Juan Gabriel Rodrigues Figueira

Victor Garcia continua a acumular experiência na sua ainda curta carreira no futebol. O jovem portista defensor foi chamado pela primeira vez para a selecção principal da Venezuela, que é liderada por Noel 'Chita' Sanvicente .

O jogador venezuelano disse que estava feliz com o convite e pela confiança depositada nele e espera continuar a trabalhar arduamente para que possamos obter um lugar na formação Vinotinto durante a Copa América 2015: «Muito satisfeito com a chamada do 'professor', já que faz dois anos sem estar com a selecção. Estou muito feliz com o trabalho que está sendo feito aqui em Madrid e com os companheiros que me receberam muito bem e vou tentar aproveitar esta oportunidade», enfatizou Victor Garcia.

Nestes dias em Madrid, o selecçionador da Venezuela está aproveitando cada segundo para implementar o seu novo estilo de jogo. Nesse sentido, Victor sente-se confortável com o trabalho realizado e diz que está disposto a jogar onde ' Chita ' Sanvicente achar mais adqueado: «Eu estou jogando a lateral-esquerdo. Há que aproveitar as oportunidades na selecção em qualquer posição, há que estar preparado para isso».

Antes da chegada de Victor Garcia à concentração da Venezuela surgiu uma polêmica sobre as declarações dadas pelo jogador a um meio de comunicação social português onde se assacaram conclusões de que Victor Garcia estava solicitando a saída da equipa (do FC Porto) por falta de minutos de utilização.

O jogador portista utilizou os nossos microfones para tentar esclarecer a situação e deixar claro quais são suas intenções «Aconteceu um mal-entendido A entrevista foi realizada em Portugal e eu ainda não lidava bem a língua e falei em espanhol...não sei me entenderam mal ", começou assim a explicar o desentendido.

Victor Garcia quer mais minutos nas pernas mas a chegada de Lopetegui e das novas contratações atrapalharam-lhe os planos de chegar, num futuro próximo, à equipa principal do Dragão: «Este ano está mais difícil. Eu era a terceira opção de Paulo Fonseca e Luis Castro, mas este ano há mais concorrência.»

Assim, o jogador venezuelano não veria com maus olhos uma cedência por empréstimo na próxima temporada, por parte do clube portista, rumo ao campeonato da Venezuela, de modo a adquirir experiência para ganhar um lugar na primeira equipa: «Eu não estou pedindo para sair do FC Porto. O meu principal objectivo é alcançar a equipa A e estar na equipe principal ajudar-me-ia a continuar na selecção. Se eu não conseguir um lugar na equipa na próxima temporada não seria má ideia sair por empréstimo para uma equipa de primeira liga, para ganhar confiança e experiência. "

VAVEL Logo
CHAT