UEFA abre processo a Sérvia e Albânia

UEFA abre processo a Sérvia e Albânia

O jogo era de alto risco mas o voo de um drone fez despoletar o caos no jogo Sérvia x Albânia, da Qualificação para o Euro 2016. Devido às agressões, petardos e invasões de campo, a UEFA resolveu ontem abrir um processo disciplinar a ambas as federações.

vavel
VAVEL

O jogo entre a Sérvia e a Albânia, na capital Belgrado, terminou ainda antes do fim da primeira parte, precocemente interrompido devido aos confrontos entre jogadores e adeptos, despoletados pelo inaudito surgimento de um drone que sobrevoou o relvado. A UEFA decidiu ontem abrir um inquérito para investigar o sucedido, abrindo também um processo disciplinar às federações das duas nações.

De recordar que o Sérvia x Albânia, no âmbito da Qualificação para o Euro 2016, foi interrompido aos 40 minutos por Martin Atkinson, devido a confrontos que se seguiram ao voo de um drone munido de uma bandeira albanesa (com o Grande Mapa da Albânia, onde o Kosovo se inclui) - o desconforto sócio-político entre os dois países é latente já que o Kosovo, território integrado na Sérvia, declarou unilateralmente a sua independência em 2008 mas a Sérvia reclama a sua posse.

«O futebol visa aproximar as pessoas e o nosso jogo não deve prestar-se a qualquer forma de política. As cenas em Belgrado foram indesculpáveis», comentou Michel Platini, presidente da UEFA. O presidente da FIFA também se juntou à censura feita ao acontecimento caricato: «Condeno com firmeza o que se passou em Belgrado».

 

VAVEL Logo
CHAT