Conquistar Gelsenkirchen com o embalo do Dragão é a missão do Leão

Conquistar Gelsenkirchen com o embalo do Dragão é a missão do Leão

Terceira jornada da Liga dos Campeões e as equipas portuguesas entram novamente em campo. O Sporting, balanceado pela vitória que teve no fim de semana contra o FC Porto, vai atá a Gelsenkirchen defrontar o Schalke 04 que se encontra extremamente motivado pela chegada do novo treinador Roberto Di Matteo. Jogo emocionante no qual o Sporting precisa de pontuar para continuar a sonhar com o segundo lugar na fase de grupos.

tiagolabreca
Tiago Labreca

A Alemanha não é um país fértil em vitórias para o Sporting mas a moral da equipa leonina está em alta. Depois de um fim de semana prodigioso para os leões com a vitória sobre os seus rivais do Norte, FC Porto, segundo Marco Silva o foco tem de ser mudado visto que a Liga dos Campões é uma competição que exige outro tipo de concentração. 

Com apenas 1 ponto em dois jogos, o Sporting já provou dois tipos de sensações diferentes: um empate que soube a derrota frente ao Maribor visto que os leões venciam até quase ao fim do jogo e de repente um golo da equipa da casa surgiu como um balde de água fria nas aspirações leoninas; pouco tempo depois o Sporting recebe o Chelsea em Alvalade, numa segunda parte de luxo leonina que não conseguiu marcar um golo que desse o empate. Será agora em terras alemãs que o Sporting conseguirá os primeiros três pontos nesta edição da Champions? 

Histórico favorável ao Schalke 04

Um dos temas abordados por Marco Silva na conferência de imprensa que antecede este jogo de amanhã, pelas 19:45, foi a falta de vitórias do Sporting na Alemanha ao longo dos anos nas competições europeias «A falta de vitórias na Alemanha é uma realidade para a nossa equipa mas é mais um condimento, se assim se pode dizer, para amanhã tentar a vitória frente a um adversário que nos obrigará a estar a um nível altíssimo». Em todos os confrontos dos leões na Alemanha só se regista um empate contra o colosso Bayern de Munique em 2006, fora isso só se regista derrotas, sendo a maior em 2008 contra o mesmo Bayern por uns expressivos 7-1. 

«O jogo de amanhã terá a sua importância pois é o próximo. É com este pensamento que o grupo encara a partida. O Schalke parte com alguma vantagem pois eles podem avaliar a nossa equipa e nós só podemos avaliar um jogo com este novo treinador. É uma vantagem que eu creio que eles têm mas acima de tudo temos prazer em jogar estes duelos e esta competição», afirmou o treianador do Sporting perante a pergunta de quem parte em vantagem para este jogo. 

A equipa de Gelsenkirchen, com o mote da chegada do ex campeão europeu pelo Chelsea, Roberto Di Matteo, encontra-se extremamente moralizada. A vantagem que Marco Silva fala provém muto desta chegada mas também do confronto do Schalke com as equipas portuguesas. Nos 4 jogos em solo alemão, os portugueses nunca saíram com vitórias, sendo que o último remonta ao ano de 2010 quando o Schalke defrontou o Benfica na Liga dos Campeões e venceu por 2-0. 

Em terra de alemães, quem tem velocidade, é Rei

Roberto Di Matteo na antevisão ao jogo assumiu o respeito perante a equipa leonina mas admite que «A jogar em casa temos de ter a iniciativa». Aliado a este factor salientou ainda o «receio que tem de jogadores como Nani e Carrillo». Pois bem é aqui que reside o maior despique entre as duas equipas. Se do lado português temos os dois talentos puros e cheios de velocidade Nani e Carrillo, que se encontram numa forma excelente, a verdade é que do outro lado, no Schalke 04 o talento e irreverência também é algo que anda à solta.

O jovem Julian Draxler continua a mostrar o porquê de ser uma das maiores esperanças dos futebol alemão, Meyer que não foi titular no último jogo também demonstra uma enorme maturidade no momento do último passe perante a sua tenra idade, Kevin Prince Boateng é o destabilizador que conhecemos e caso esteja num dos seus dias é muito díficil de travá-lo. 

A explosão no último terço do terreno vai ser fulcral para qualquer uma das equipas. Os dois alas que muito provavelmente serão titulares, Nani e Carrillo, são uma dor de cabeça para qual adversário ainda para mais no estado físico e psicológico que se encontram. O extremo português parece ter encontrado a felcidade e o seu melhor futebol neste regresso a Alvalade tendo marcado nos últimos jogos golos decisivos e o extremo peruano demonstra que este ano é o ano de afirmação da "La Culebra" que apresenta uma maior maturidade no futebol praticado, um jogador muito mais de equipa que assiste e marca bastantes golos neste ínicio de época. 

Já que falamos de velocidade é de realçar o facto de Cédric, o lateral direito titular do Sporting e da Selecção Portuguesa, regressar à sua cidade natal e ao estádio no qual muito se falou que ele poderia ingressar neste agitado Mercado de Verão. O interesse do Schalke 04 no internacional português é antigo e promete ter novos capítulos, no entanto o lateral continua a amealhar boas exibições vestido de verde e branco e este será mais um teste às suas potencialidades enquanto futuro titular indidscutível de Portugal. 

Dinâmica do meio campo leonino vale ... muitos pontos

O príncipio de campeonato e de Liga dos Campeões não foi muito auspicioso por parte da turma de Alvalade. Empates atrás de empates e exibições pouco consistentes. Marco Silva viu-se obrigado a mudar algo no Sporting e tudo começou com uma simples alteração no meio campo leonino, com a saída de André Martins para a entrada de João Mário. A vertiginosa queda de produção de André Martins valeu-lhe um lugar no banco de suplentes dos leões, tendo como consequência imediata o assumir de protagonismo por parte do míúdo João Mário que enche o meio campo.

A partir deste momento a dinâmica foi outra. William Carvalho, o pilar do Sporting, voltou às exibições que lhe valeram bastantes elogios, a titularidade na seleção portuguesa e o estatudo de líder no Sporting. Adrien começou a procurar espaços mais avançados que até aí lhe tinham sido interditos. E João Mário começou a entregar um outro tipo de perfume ao meio campo leonino, sendo que os três se compensam e se completam de forma bastante vistosa. 

Onzes prováveis

                                             

VAVEL Logo
CHAT