Caterham sem acesso às suas instalações de Leafield
Base da Caterham em Leafield (Foto: Caterham).

Caterham sem acesso às suas instalações de Leafield

Os elementos da equipa técnica da Caterham foram hoje impedidos de entrar na fábrica de Leafield, onde ainda permanecem os monolugares que deveriam estar a caminho do GP dos EUA. O administrador nomeado pelos credores reclama dívidas à equipa de F1.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Ontem, relatámos que a crise da Caterham poderia significar a não participação no GP dos EUA, uma vez que o administrador Finbarr O'Connell, em representação dos credores, admite não enviar os monolugares verdes para o circuito de Austin. Hoje, O'Connell impediu os técnicos da Caterham de aceder às instalações da equipa, na fábrica de Leafield.

Finbarr O'Connell concoretizou a ameaça que ontem tinha deixado no ar, trancando a fábrica de Leafield e impedindo o acesso do pessoal relacionado com a equipa de F1, a Caterham. Sabe-se que os monolugares da marca inglesa continuam também dentro das instalações.

«Hoje, eles não podem entrar na fábrica. Estão a usar as minhas instalações e não me pagaram.», explicou O'Connell.

Ravetto contra Fernandes

A crise vivida pela equipa parece entrar agora num jogo de passar culpas, com Manfredi Ravetto, director da Caterham a afirmar que já não controla a equipa e que o seu anterior proprietário, Tony Fernandes, é o responsável pela situação. O empresário malaio negou, porém, qualquer envolvimento reminiscente com a equipa que já este ano vendera a um consórcio suíço-árabe. Fernandes diz que o comunicado de Ravetoo é «lixo».

Bernie Ecclestone em declarações contrárias

Entretanto, Bernie Ecclestone, patrão da Formula One Management, parece dividido quanto à actual situação da equipa inglesa. Depois de ter sugerido que a F1 estaria melhor sem a Caterham, afirmando que não queria «pedintes» no campeonato, o inglês disse à BBC, esta quinta-feira, que «estamos [FOM] a tentar ajudar de todas as formas que podemos, como fazemos com qualquer um que tenha entrado em dificuldades. (...) Preferia não perder qualquer equipa.»

VAVEL Logo
CHAT