Portuguesa dos Desportos cai em desgraça profunda

Portuguesa dos Desportos cai em desgraça profunda

A Portuguesa enfrenta o ciclo mais negro da sua História, duas descidas de divisão consecutivas e um futuro medonho pela frente.

vavel
VAVEL

A Portuguesa dos Desportos, clube brasileiro fundado em 1920 pela fusão de cinco clubes de raiz portuguesa (Lusíadas Futebol Club, Portugal Marinhense, Associação 5 de Outubro, Esporte Club Lusitano e Associação Atlética Marquês de Pombal), atravessa o pior período dos seus 94 anos de História. O clube de São Paulo foi despromovido ao terceiro escalão do futebol brasileiro, depois de no ano passado ter descido ao segundo patamar, por ordem administrativa (ilegal utilização de um jogador).

Hoje em dia a actuar na Série B, longe dos palcos da Série A do Brasileirão, a Portuguesa dos Desportos recebeu na passada Terça-feira a notícia que todos os adeptos mais temiam: o clube, que nunca tinha descido à terceira categoria do futebol canarinho, foi condenado a nova e consecutiva descida de divisão, mas agora pela fatalidade dos resultados desportivos - a derrota contra o Oeste (3-0) sentenciou o clube a cair na desgraça mais profunda de que há memória.

Desalento da «Lusa» espelhado em Héverton (Foto: Divulgação/Portuguesa)

O clube, mergulhado numa depressão desportiva e financeira, enfrenta agora um período sombrio, longe das receitas dos patrocionadores mais apetrechados e dos grandes palcos do futebol brasileiro. A cinco jornadas do fim da prova, o clube de São Paulo apenas têm 3 vitórias em 33 partidas já jogadas.

VAVEL Logo