Benfica na Choupana e pensamento em Guimarães
Foto em: Maisfutebol.iol.pt

Benfica na Choupana e pensamento em Guimarães

A comitiva de Jesus desloca-se, este domingo, à casa do Nacional de Manuel Machado, num reencontro de velhos conhecidos, onde o Benfica terá de afirmar a liderança, após a subida provisória do Vitória de Guimarães ao primeiro posto.

maraguerra
Mara Guerra

Choupana - Casa do Nacional, que se destaca como território historicamente propício a deslizes encarnados. Com a urgência dos 3 pontos, para evitar uma liderança a norte, o Benfica viaja com dúvidas persistentes no seu onze, que podem reavivar más memórias na Madeira. Em 2008/09 saiu deste terreno com o impacto da vitória dos alvinegros por 3-1. Uma da meia dúzia de ocasiões em que lá perdeu pontos.

Jorge Jesus reconhece que este é um campo complicado, até porque «o Nacional ainda só conseguiu pontuar na Choupana, sinal de que em casa é mais forte». Em oposição, em banco e opinião, Manuel Machado não prevê no seu domicílio o favoritismo dos seus: «O factor casa seria importante mas o estádio deverá estar mais de dois terços colorido de vermelho. Em qualquer sítio que vai, o Benfica tem sempre um grande conjunto de adeptos».

Como contrariar Talisca

Com o dom reconhecido de ter a capacidade de segurar resultados, Anderson Talisca é um dos atletas mais observados na comitiva da Luz. Depois de uma semana feliz, na marcação do golo solitário na vitória encarnada frente ao Mónaco, o avançado segue, no entanto, sem constituir uma preocupação latente nas opções de Manuel Machado. «Talisca está em destaque na Liga, a fazer um bom campeonato, é o melhor marcador e está super motivado. Se jogar, vou dar o meu máximo para tentar contrariar o jogo dele. Sei que não vai ser fácil, mas tenho as minhas soluções para tentar travá-lo», assegurou.

A solução passará, essencialmente, pela marcação de Boubacar. O médio guineense tem dado bons indicadores, nesta que é a sua primeira época ao serviço do Nacional, depois de ter actuado em Tondela, na passada época. Manuel Machado conta, ainda, com o regresso de Suk, ponta de lança que se encontrava ausente por lesão. Marco Matias, extremo habituado a marcar golos, também estará apto a defrontar as águias.

Justificações  para André Almeida

Na habitual conferência de imprensa que antecede a partida, o técnico das águias sentiu necessidade de justificar a sua preferência em André Almeida para a posição de lateral-esquerdo, em detrimento de Benito: «Não conta só a técnica, na qualidade táctica o André dá-me todas as garantias». Com esta opção, Jesus considera não estar numa missão de adaptação do jogador português a esta posição. «O Sílvio é uma adaptação? Joga nos dois lados, como o André, que ainda pode jogar a médio. Não considero o André uma adaptação», esclareceu.

Jardel e Gaitán surgem recuperados dos respectivos problemas físicos, consolidando as opções do treinador, que desta vez preferiu preterir o extremo luso Bebé, assim como o jovem médio defensivo italiano Cristante. Jara, Nélson Oliveira, Jonas (impossibilitado de jogar a «Champions», Paulo Lopes e Lisandro (castigado na liga milionária) estão de regresso à convocatória de Jesus.

A partida está marcada para as 16:00 e será ajuizada por Bruno Paixão. 

Onzes prováveis:

VAVEL Logo
CHAT