Edgar Abreu: uma estreia de sonho com golo ao campeão Benfica
Foto: Hélder Santos

Edgar Abreu: uma estreia de sonho com golo ao campeão Benfica

Na estreia a titular pelo Nacional, o jovem Edgar Abreu tomou para si o protagonismo, ao abrir as hostilidades com um golo logo ao primeiro minuto frente ao campeão Benfica, perante uma Choupana vibrante. Mas o médio de 20 anos não é o único benjamim a florir no jardim alvinegro.

vavel
VAVEL

Edgar Abreu estreou a sua titularidade no Nacional da Madeira de uma forma bem feliz: com um golo ao campeão Benfica logo ao abrir do pano do duelo na Choupana, na partida da jornada 10, no passado dia 9 de Novembro. O jovem formado no clube alvinegro alvejou Júlio César e marcou logo no primeiro remate da partida - uma estreia encarajadora depois de duas aparições (começando como suplente) na Primeira Liga.

Primeiro minuto de titularidade, primeiro golo

Edgar Abreu tem apenas 20 anos e começou esta temporada a dar os passos rumo à entrada nas lides do escalão máximo do futebol português, depois de uma passagem pelo Mirandela em 2013/2014 e de várias actuações pelos júniores do Nacional da Madeira, onde se foi destacando dos demais. Médio de características ofensivas, Edgar Abreu tem merecido, paulatinamente, a confiança de Manuel Machado e o golo aos encarnados terá certamente reforçado o estatuto de promessa do médio natural do Funchal.

À passagem do primeiro minuto de jogo, Edgar Abreu agradeceu o passe de João Aurélio, arrancado da direita, e. com um toque de primeira, disparou de forma precisa para o golo inaugural (o jogo terminaria 1-2 a favor do Benfica), batendo Júlio César e colocando o campeão Benfica num estádio cheio e vibrante. Abreu viria a sair aos 56 minutos, completando actualmente 75 minutos na Liga portuguesa (actuou frente a FC Porto e Académica).

«Foi uma estreia de sonho marcar logo ao primeiro minuto de jogo. Infelizmente, não conseguimos a vitória. Não estava à espera de estrear-me a titular neste jogo. Felizmente destaquei-me pelo golo marcado logo no primeiro minuto», declarou Abreu após o jogo, mostrando-se orgulhoso do seu feito.

Jardim alvinegro tem outros benjamins

Mas, nos planos de Manuel Machado, Edgar Abreu não será o único jovem português nos planos de lançamento do treinador - outros valores, como João Camacho, Nuno Campos e Rui Silva, são jogadores nos quais o técnico dos insulares confia. O guarda-redes Rui Silva (20 anos) é, inclusivamente, o actual guardião titular da formação do Nacional, tendo actuado em 7 partidas da Primeira Liga, relegando Gottardi para o banco de suplentes.

João Camacho, avançado de 20 anos, também vem conquistado o seu tempo na equipa principal, com 5 aparições nesta temporada. Nuno Campos, defesa de 21 anos, actuou no 6-1 frente ao Alcanenense, para a Taça de Portugal.

VAVEL Logo