Valtteri Bottas, uma temporada de sucesso
Valtteri Bottas, GP do Bahrein, 2014 (Foto: eurosport.fr)

Valtteri Bottas, uma temporada de sucesso

Valtteri Bottas foi a grande revelação da temporada de 2014 da Fórmula 1. O finlandês, de 25 anos, ficou no honroso 4º lugar no mundial de pilotos e já desperta o interesse das grandes equipas do pelotão.

venancioslb
Pedro Venâncio

Qualidade e frieza

Na sua segunda temporada na Fórmula 1, Valtteri Bottas já mostra serviço ao volante da Williams. O finlandês, que começou como piloto de testes na equipa de Sr. Frank Williams em 2011 e 2012, mostrou que é aposta de futuro para, quem sabe, almejar o título de campeão a curto prazo.

Os números de Valtteri Bottas em 2014 não enganam, nem os mais cépticos. Para além da 4ª posição no mundial de pilotos, com 186 pontos conquistados, Bottas subiu ao pódio por seis ocasiões, três delas consecutivas – 3º GP da Áustria, 2º GP da Grã-Bretanha, 2º GP da Alemanha - para além do 3º lugar ainda conquistado na Bélgica, na Rússia e em Abu Dhabi. De salientar que Bottas apenas não terminou o GP do Mónaco, devido a uma falha na unidade de potência do Williams.

Williams celebra 3º lugar de Bottas, GP da Áustria, 2014 (Foto: lequipe.fr)

Quanto às qualificações, Bottas foi regular durante toda a temporada. Nas 19 corridas, apenas por 4 vezes não se qualificou nos 10 primeiros. O nórdico teve ainda a proeza de se qualificar por duas vezes na 2ª posição – na Áustria e na Alemanha – por setes vezes na 3ª posição e ainda por três vezes na 4ª posição.

Contudo, e apesar de não se qualificar entre os dez primeiros em algumas corridas, foi nestas ocasiões que Bottas obteve as maiores recuperações na grelha. A melhor recuperação em corrida aconteceu no GP da Grã-Bretanha quando o finlandês partiu da 14ª posição e terminou, no pódio, em 2º lugar. Também no GP da Austrália o início não correu de feição a Bottas, que partiu da 15ª posição, mas acabou em 5º lugar.

Brilhante recuperação de Bottas valeu o 2º lugar em Silverstone (Foto: formula1.com)

Ainda que sem qualquer vitória em 2014, Valtteri Bottas pontuou em 17 das 19 corridas do calendário. O finlandês apenas não somou pontos no GP do Mónaco, por desistência, e no GP da Malásia, onde acabou na 11ª posição, um lugar abaixo da zona pontuável.

Que futuro para o jovem finlandês?

A temporada de 2014 foi, sem dúvida, de sucesso para o finlandês que acabou o campeonato na frente de quatro ex-campeões do mundo – Sebastian Vettel, Fernando Alonso, Jenson Button e Kimi Räikkönen.

6 pódios no palmarés de Valtteri Bottas em 2014 (Foto: formula1.com)

Relativamente aos números da época transacta, pouco se pode dizer de positivo de Valtteri Bottas – 17º lugar no mundial de pilotos, 4 pontos conquistados (8º lugar no GP dos EUA). Duas verdadeiras épocas de contraste que demonstram a capacidade de Bottas em fazer cada vez mais e melhor ao serviço da Williams.

Um trunfo importante para a Williams

A Williams não alcançava o pódio no mundial de construtores desde 2003, quando na altura conquistou o 2º lugar, atrás da Ferrari. A boa prestação da equipa britânica esta temporada deveu-se, essencialmente, e sem desprezar o trabalho de Felipe Massa, a Valtteri Bottas. Com 320 pontos conquistados e a terceira posição no mundial de construtores, a Williams voltou aos momentos de forma.

VAVEL Logo
CHAT