Muralha: Handanovic defendeu 6 penalties consecutivos

Muralha: Handanovic defendeu 6 penalties consecutivos

Samir Handanovic defendeu ontem, contra o Dnipro, o sexto penalty consecutivo em todas as competições. O internacional esloveno tem se mostrado imparável no duelo com os batedores e o Inter agradece.

vavel
VAVEL

A série estende-se já a uns espectaculares seis castigos máximos defendidos consecutivamente - Samir Handanovic, guarda-redes do Inter, transforma-se numa autêntica muralha na hora de duelar com os executantes das grandes penalidades. Quem agradece é o clube milanês, que ontem viu o internacional esloveno parar mais uma penalidade, a sexta sucessiva em todas as competições.

Contra o Dnipro, numa partida da Liga Europa, Handanovic voltou a impressionar, alargando a série de defesas para seis e frustrando o remate do ucraniano Konoplyanka. Numa forma invejável, o titular da baliza do Inter e da selecção da Eslovénia tem sido elemento fulcral na equipa italiana - depois de se mostrar em grande nível na Udinese (durante 5 temporadas), Handanovic, de 30 anos, afirma-se agora como um dos melhores «keepers» da actualidade.

Quanto à série de grandes penalidades defendidas, esta começou frente à Sampdoria e o visado foi Maxi López, que não foi capaz de furar a barreira do esloveno de 1,93 metros; seguiu-se o Parma e o remate de Cassano, ambos parados pela mestria do guardião do Inter; contra o Torino, Handanovic voltou a negar o golo vindo da marca do castigo máximo, agora a Larrondo.

O Inter voltou a cometer uma grande penalidade na partida contra o Cagliari, mas Handanovic impôs-se mais uma vez e frustrou a tentativa de Cossu. A quinta penalidade teve como protagonistas o avançado Luca Toni, do Verona, e o guardião esloveno: nova vitória de Handanovic. Ontem, contra os ucranianos do Dnipro, a meia dúzia de penalties defendidos foi completada - o Inter venceu a partida por 2-1.

VAVEL Logo
CHAT