Busquets: o homem que fez a diferença em Valência
Foto: FC Barcelona

Busquets: o homem que fez a diferença em Valência

O médio marcou o primeiro golo da época. A Liga BBVA está emocionante e o Barelona está apenas a dois do primeiro que é o Real Madrid.

paulopereira79
Paulo Pereira

Sergio Busquets é o homem do momento no Barcelona devido ao golo no último momento dos descontos do jogo frente ao Valência que permitiu a vitória «Blaugrana». Nascido a 16 de Julho de 1988 em Sabadell, uma provincia da Catalunha, é filho do antigo jogador do Barça Carles Busquets que foi guarda-redes do clube entre 1990 e 1999. No verão de 2005 vindo do Jabac de Terrassa, um clube pequeno, juntou-se aos juniores do Barça. Na época 2006-07 marcou sete golos em 26 jogos quando o treinador era Álex Garcia.

Ascensão com Guardiola

Na época seguinte foi para o Barcelona B treinado por Pep Guardiola, jogando 24 vezes e marcando dois golos. Em 2007-08 e 2008-09 fez parte da equipa que disputou a Taça da Catalunha mas estreou-se em partidas oficiais a 13 de Setembro de 2008 com Guardiola no comando do Barcelona no jogo contra o Real Santander a contar para o campeonato espanhol (1-1). Actualmente com 26 anos, o médio defensivo marcou o seu primeiro golo a 22 de Outubro de 2008 num jogo da Liga dos Campeões contra o Basileia em que ganharam por 5-0.

Currículo recheado

Pelos «Blaugrana» conquistou quatro campeonatos, duas taças, quatro Supertaças espanholas, duas Ligas dos Campeões, duas Supertaças europeias e dois Campeonatos do Mundo de Clubes. Em termos individuais ganhou o Troféu Bravo em 2009 que é um prémio entregue anualmente pela revista italiana Guerin Sportivo ao melhor jogador jovem que jogue na Europa. O prémio é muito importante e Cristiano Ronaldo e Messi já o ganharam em 2004 e 2007 respectivamente.

Na época 2008-09 foi nomeado a revelação do ano no campeonato espanhol e em 2012 fez parte da equipa do campeonato da europa que ganhou. A 15 de Janeiro de 2012 completou 100 partidas, na Liga BBVA, pelo Barcelona, e no total de todas as competições já fez 296 jogos e apontou onze golos.

Pela selecção principal de Espanha estreou-se a 11 de Fevereiro de 2009 num particular contra a Inglaterra e no total fez 74 jogos e dois golos, ganhando o Campeonato do Mundo em 2010 e o Campeonato da Europa em 2012. Pela selecção da Catalunha actuou por seis vezes nunca marcando golos.

Elogios às capacidades de Busquets

«Posicionalmente, ele assemelha-se a um veterano, com ou sem bola», afirmou um dia a lenda do clube Johan Cruyff. «Sem Busquets nunca teriamos conseguido conquistar o que conquistámos. Ele é o melhor médio que exista a executar a um único toque», elogiou o companheiro de equipa Xavi Hernàndez. Também o seleccionador Del Bosque reservou ao médio um rasgado elogio: «Se reincarnasse num jogador de futebol, gostaria de ser o Busquets».

Pep Guardiola, treinador que o ajudou a crescer e a aprender as dinâmicas do jogo na zona defensiva do meio-campo, considerou Busquets o melhor jogador na posição 6: «Ele é o melhor médio defensivo do mundo. O Barcelona tem ali um jogador indispensável.»

VAVEL Logo
CHAT