Boavista x Sporting: 3 pontos no horizonte leonino
3 Pontos no Horizonte Leonino (observador.pt)

Boavista x Sporting: 3 pontos no horizonte leonino

O Sporting desloca-se hoje ao Bessa, na 12ª jornada da Liga Portuguesa, para defrontar o Boavista naquele que será o primeiro embate oficial entre as duas equipas desde que “rebentou” o escândalo que relegou o clube da invicta para escalões inferiores do Futebol nacional.

pedro-duarte
Pedro Oliveira Duarte

Seguir na senda das vitórias

Com  vitórias consecutivas no campeonato, o Sporting de Marco Silva atravessa agora uma fase de maior fulgor, por modo a conseguir recuperar os pontos que foram perdidos aquando do desaire há cerca de um mês e meio atrás em Guimarães. Os leões encontram-se no 6º lugar, com 20 pontos, tendo equipas como Belenenses e Braga à sua frente. A 8 pontos do líder Benfica e na esperança de ainda vir a encurtar distâncias para os lugares cimeiros, mediante o resultado do Clássico que para a semana se disputará entre Porto e Benfica, é importante para a equipa de Alvalade segurar os 3 pontos em todas as partidas que se disputam até ao final desta primeira volta.

De regresso ao Estádio do Bessa, pelo qual já não passava há uns quantos anos, o Sporting terá pela frente um adversário que já não conta com o fulgor de antigamente, mas que causa ainda dores de cabeça aos seus oponentes. Quanto à lista de convocados o único destaque vai para Jefferson que sai para ceder lugar ao jovem lateral argentino Jonathan Silva.

Dificuldade calculada para três pontos obrigatórios

Na antevisão da partida, Marco Silva reconheceu esperar dificuldades não só pela equipa “montada” por Petit mas também fruto do relvado, o único sintético no primeiro escalão do Futebol Português. «O Boavista criou muitas dificuldades aos outros grandes, tendo somado um ponto frente a um deles e criado muitas dificuldades a outro. Vai ser um jogo num terreno difícil e onde o adversário está mais habituado, mas isso não pode desviar a equipa do objectivo de somar os três pontos»; «É uma equipa praticamente nova e foram chegando jogadores ao longo da época, pelo que a sua forma de jogar tem mudado. O Boavista é uma equipa agressiva, de forma positiva, tal como o seu treinador. É preciso entrar em campo com o máximo respeito, assumindo algum favoritismo, mas tendo em conta que naquela casa nunca foi fácil jogar

Permanecem dúvidas quanto ao sistema táctico adoptado por Marco Silva: o treinador experimentou com sucesso um 4-4-2/4-2-3-1 contra os sadinos, na passada jornada, e poderá repetir o esquema, com Fredy Montero perto de Slimani, numa tentativa de potenciar as qualidades dos dois avançados, sacrificando João Mário para o efeito.

Boavista de Petit quer ser um osso duro de roer

Apesar de se encontrar numa frágil 13ª posição da Liga, com 10 pontos, o Boavista de Petit tem vindo a mostrar armas para ombrear com os seus adversários pela manutenção. Com a segunda defesa mais batida do campeonato, o objectivo passa hoje por selar os caminhos à equipa de Marco Silva e criar o máximo de dificuldades a Nani e companhia.

Ainda para mais, na sequência do desaire de 4-0 diante do Marítimo, espera-se hoje no Bessa um Boavista altamente motivado para pontuar com um dos três grandes, tal como já fez por uma vez diante do FC Porto.

É aliás ao encontro dessas mesmas ideias que vão as palavras de Petit na antevisão da partida. Conscientes do poderio do Sporting, mas sabendo que já causaram problemas ao FC Porto, o objectivo passa mesmo por pontuar e dificultar ao máximo a partida para os leões: «Jogamos em casa e toda gente tem tido muitas dificuldades aqui e esse é um elemento que nos dá uma motivação extra».

O Boavista terá um desafio hercúleo, ainda para mais tendo em conta as expulsões verificadas contra o Marítimo: Mika, Beckeles e Philipe Sampaio não poderam alinhar contra os Leões, devido ao vermelho visto na partida dos 4-0, na passada jornada.

Petit quer parar o Sporting (Fonte: ojogo.pt)

VAVEL Logo
CHAT