Cruzeiro vence Brasileirão
Foto: Ramon Bitencourt/Lancepress

Cruzeiro vence Brasileirão

O São Paulo ficou em segundo a dez pontos do campeão e o Botafogo, histórico emblema Carioca desceu. A outra equipa de Minas Gerais, o Atlético Mineiro, venceu a taça.

paulopereira79
Paulo Pereira

O Cruzeiro é novamente campeão Brasileiro, aliás é actuamente bicampeão, já que renovou o titulo do ano passado neste fim-de-semana e fez história pois nunca tinha conseguido vencer o campeonato duas vezes seguidas. Bateu igualmente o recorde de pontos, na era de vinte clubes na primeira divisão, com oitenta. A duas jornadas do fim com a vitória por 2-1 frente ao Goiás o clube mineiro concretizou o seu quarto titulo Brasileiro e festejou perante o seu público, no Estádio Governador Magalhães Pinto em Belo Horizonte.

Em segundo ficou o São Paulo que assim ficou posicionado nos lugares de acesso à Taça Libertadores (prova muito idêntica à Liga dos Campeões na Europa), o Internacional de Porto Alegre, o Corinthians e o Atlético Mineiro que venceu a Taça do Brasil precisamente frente ao Cruzeiro em duas mãos (2-0 e 1-0). O Grémio de Porto Alegre, treinado pelo antigo selecionador nacional, Luis Felipe Scolari, ficou em sétimo falhando assim um dos principais objectivos da época que era conseguir ficar numa posição que permitisse ir à Taça Libertadores.

Também o histórico Palmeiras fez uma má temporada tendo conseguido a manutenção apenas na última jornada. Destaque para a descida de divisão do Botafogo que pela segunda vez não vai fazer parte do principal campeonato. Como o «Fogão» também desceram o Criciúma, o Bahia (antiga equipa de Anderson Talisca) e o Vitória. Quem subiu foi o Vasco da Gama clube com fortes ligações a Portugal.

Nos melhores marcadores temos que destacar Rogério Ceni, guarda redes do São Paulo que apontou oito tentos mas o melhor marcador foi Fred do Fluminense, o internacional brasileiro marcou por 18 vezes. Na equipa ideal do Basileirão temos Souza que entre 2010 e 2012 jogou pelo FC Porto e Jefferson e Dedé que em tempos interessaram ao SL Benfica.

Equipa: Jefferson (Botafogo); Marcos Rocha (Atlético Mineiro), Dedé (Cruzeiro), Gil (Corinthians) e Egídio (Cruzeiro); Éverton Ribeiro (Cruzeiro), Lucas Silva (Cruzeiro), Souza (São Paulo) e Ricardo Goulart (Cruzeiro); Diego Tardelli (Atlético Mineiro) e Guerrero (Corinthians).

A revelação do campeonato foi o jogador de 20 anos Erik do Goiás e o melhor foi Éverton Ribeiro pela segunda vez consecutiva. O internacional Brasileiro marcou seis golos e jogou a titular em 29 jogos da «Raposa», sendo importante no titulo. Também Marcelo Oliveira, do Cruzeiro, foi distinguido com o prémio de melhor treinador. Os prémios são decididos por um conjunto de jogadores, ex-jogadores, treinadores e jornalistas.

VAVEL Logo