Sporting de Marco Silva a 1 ponto de suceder ao de Paulo Bento

Sporting de Marco Silva a 1 ponto de suceder ao de Paulo Bento

O Sporting poderá estar à beira de se qualificar para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, mas para isso terá que, pelo menos, empatar em Stamford Bridge, frente ao Chelsea, ou esperar que o Schalke 04 não vença o Maribor. Caso atinja o sucesso, Marco Silva sucede a Paulo Bento como o treinador que voltou a colocar os Leões na rota dos milhões.

vavel
VAVEL

Se conseguir o apuramento para os oitavos-de-final, esta noite, diante do Chelsea, Marco Silva será o segundo treinador leonino a realizar tal proeza desde que a competição da Liga dos Campeões adquiriu este formato. O primeiro foi Paulo Bento, na temporada 2008/2009. O ex-seleccionador nacional qualificou-se com 12 pontos, fruto de duas vitórias ao Basileia e outras tantas aos ucranianos do Shakhtar Donetsk.

Hoje, perante a pressão de Stamford Bridge, o Sporting poderá festejar a qualificação para a fase seguinte ou morrer na praia, pertíssimo do objectivo que permite continuar na senda dos milhões e do prestígio internacional. Os Leões têm 7 pontos e necessitam de empatar no reduto londrino dos «blues» para garantir a passagem aos oitavos-de-final; caso 'prefiram' depender do outro jogo, será necessário que o NK Maribor vença o Schalke 04 para que o Sporting comemore.

Um ponto separa o Sporting do objectivo de voltar ao lote das dezasseis melhores equipas da Europa - caso consiga tal feito, o Marco Silva quererá certamente tomar um rumo bem diferente daquele forçosamente tomado por Paulo Bento na fatídica eliminatória dos oitavos-de-final, contra o poderoso Bayern Munique. Os alemães esmagaram o Sporting com um agregado de 12-1 (0-5 em Alvalade e 7-1 em Munique).

Caso consiga ter sucesso na empreitada europeia, Marco Silva atingirá os oitavos-de-final na primeira época ao serviço do Sporting, tal como aconteceu com o treinador holandês Ronald Koeman na temporada 2005/2006, ao leme do Benfica. Julen Lopetegui, outro exemplo de eficácia na «Champions», é o único treinador dos grandes a ter já garantida a presença na fase seguinte (Jesus foi afastado na quinta ronda).

 

VAVEL Logo