Nova academia de futebol do Manchester City

Nova academia de futebol do Manchester City

Martin Keown, antigo jogador do Arsenal, disse «o clube tem uma visão para o futuro, estão a criar condições para todo o futebol».

paulopereira79
Paulo Pereira

O Manchester City apresentou a sua academia de futebol que custou cerca de 252 milhões de euros depois de seis anos de construção. A academia vai precisar o desenvolvimento educacional dos atletas, a prática desportiva e a ciência do desporto em si mas o espaço também vai servir a comunidade com parques públicos e escolas. O empreendimento City Football Academy tem 16 campos de futebol, um estádio com capacidade para sete mil pessoas e uma academia para a equipa feminina dos «Citizens».

Paul Scholes, que foi um antigo jogador do Manchester United, refere que «tentando olhar de forma neutra, tenho que dizer que aquilo que o City conquistou é impressionante e o seu impacto nos jovens de Manchester começou muito antes da abertura». O Etihad Campus, como também é conhecido, vai ter 12 dos 16 campos apenas para desenvolvimento das camadas jovens e os profissionais vão ficar com os restantes. O Centro de Performance, para a primeira equipa, tem um campo sitético in-door com bancadas para 200 pessoas, um ginásio, centros médicos, um lounge de relaxamento, salas de escola, piscinas e espaço para escritórios.

Vai ter quartos para cerca de 450 jovens que vivem e treinam na Academia. E o investimento não é apenas futebolistico pois em termos ecológicos o empreendimento vai ter 2000 nova árvores e 46 lotes de relva. Pablo Zabaleta, jogador do clube, referiu: «espero que nos próximos anos possamos ver alguns dos jovens jogadores formados na Academia a jogar na primeira equipa». Numa das paredes do espaço pode-se ler as palavras do Sheik Mansour, dono do Manchester City, «nós estamos a construir uma estrutura para o futuro não apenas uma equipa de estrelas».

VAVEL Logo