Adeus, Thierry Henry
O avançado decidiu retirar-se, com 37 anos

Adeus, Thierry Henry

No dia 16 de Dezembro de 2014, fechou-se mais um grande livro, na história do futebol Mundial. O avançado que conta com passagens por alguns dos melhores clubes do Mundo, decidiu colocar um término na sua carreira.

TiagoPratas
Tiago Pratas

Uma carreira de sonho

Quando se fala em Henry, tem de ser falar em um grande senhor do futebol. Provavelmente, quem o viu jogar, nunca vai esquecer os inúmeros e por vezes maravilhosos golos que ele fazia.

A sua carreira começou no Mónaco, com curiosamente Wenger a coloca-lo a titular a extremo esquerdo, por causa da sua grande velocidade e controlo de bola. Isto passava-se em 1995.

O avançado Francês ajudou a equipa a alcançar o título da Ligue 1, e na seguinte época, chega mesmo às semi-finais da Champions League, o que desbotou curiosidade de outros clubes, nomeadamente, a Juventus, clube que contratou Henry por 10.5 Milhões de libras, em Janeiro de 1999.

No entanto, foi uma curta passagem por Itália, visto que o jogador não se adaptou ao futebol bastante defensivo, que lá se praticava, e continua a praticar. Em agosto do mesmo ano, transfere-se para o Arsenal, por 11 milhões de libras. Nessa época de estreia, o jogador fez 26 golos em 47 jogos. 

Na segunda temporada em Londres, Henry assumiu-se claramente como um avançado de elite. Marcou 32 golos em todas as competições, tendo ganho nessa temporada, a Premier League, a FA Cup, e ainda a FA Community Shield.

Ainda mais alguma épocas esteve Henry em Londres, ganhando inúmeros prémios, e competições. A 25 de Junho de 2005, Henry ruma ao clube catalão, o Barcelona. Numa das transferências mais polémicas daquela altura. O valor da transferência, rondava os 25 Milhões de €, e onde receberia cerca de 7 Milhões de € por ano.

Em Barcelona, Thierry Henry não conseguiu mostrar o futebol que já havia jogado em Londres, tendo entrado num estado de decadência da sua carreira.

Com esta queda de forma de Henry, tomou uma decisão na carreira.  A 14 de Julho de 2010, rumou a um clube da Major League Soccer, nos Estados Unidos. Durante a sua permanência nos Estados Unidos, Henry ainda foi emprestado ao Arsenal, por 2 meses, durante a fase em que o campeonato estava parado. 

Agora, a 16 de Dezembro de 2014, um dos melhores avançados franceses, decidiu colocar um ponto final na sua longa carreira. Uma grande carreira!

 

Títulos: 

-1 Campeonato do Mundo de Clubes em 2009

-1 Campeonato do Mundo em 1998

-1 Taça das Confederações em 2003

-1 Liga dos Campeões em 2008/09

-1 Campeonato da Europa em 2000

-1 Supertaça Europeia em 2009

-1 Taça Intertoto em 1999

-2 Liga Espanhola em 2008/09, 2009/10

-1 Copa del Rey em 2008/09

-1 Supercopa de España em 2009

-1 Liga Francesa em 1996/97

-1 Trophée des Champions em 1997

-2 Liga Inglesa em 2001/02, 2003/04

-3 The FA Cup em 2001/02, 2002/03, 2004/05

-3 FA Community Shield em 1999, 2002, 2004

Prémios Principais:

Bola de Ouro pela France Football
2003 (2.º), 2006 (3.º)

Jogador FIFA
2003 (2.º), 2004 (2.º)

Bota de Ouro
2003/04 (1.º), 2004/05 (1.º)

VAVEL Logo
CHAT