Adeus, Thierry Henry
O avançado decidiu retirar-se, com 37 anos

Uma carreira de sonho

Quando se fala em Henry, tem de ser falar em um grande senhor do futebol. Provavelmente, quem o viu jogar, nunca vai esquecer os inúmeros e por vezes maravilhosos golos que ele fazia.

A sua carreira começou no Mónaco, com curiosamente Wenger a coloca-lo a titular a extremo esquerdo, por causa da sua grande velocidade e controlo de bola. Isto passava-se em 1995.

O avançado Francês ajudou a equipa a alcançar o título da Ligue 1, e na seguinte época, chega mesmo às semi-finais da Champions League, o que desbotou curiosidade de outros clubes, nomeadamente, a Juventus, clube que contratou Henry por 10.5 Milhões de libras, em Janeiro de 1999.

No entanto, foi uma curta passagem por Itália, visto que o jogador não se adaptou ao futebol bastante defensivo, que lá se praticava, e continua a praticar. Em agosto do mesmo ano, transfere-se para o Arsenal, por 11 milhões de libras. Nessa época de estreia, o jogador fez 26 golos em 47 jogos.

Na segunda temporada em Londres, Henry assumiu-se claramente como um avançado de elite. Marcou 32 golos em todas as competições, tendo ganho nessa temporada, a Premier League, a FA Cup, e ainda a FA Community Shield.

Ainda mais alguma épocas esteve Henry em Londres, ganhando inúmeros prémios, e competições. A 25 de Junho de 2005, Henry ruma ao clube catalão, o Barcelona. Numa das transferências mais polémicas daquela altura. O valor da transferência, rondava os 25 Milhões de €, e onde receberia cerca de 7 Milhões de € por ano.

Em Barcelona, Thierry Henry não conseguiu mostrar o futebol que já havia jogado em Londres, tendo entrado num estado de decadência da sua carreira.

Com esta queda de forma de Henry, tomou uma decisão na carreira. A 14 de Julho de 2010, rumou a um clube da Major League Soccer, nos Estados Unidos. Durante a sua permanência nos Estados Unidos, Henry ainda foi emprestado ao Arsenal, por 2 meses, durante a fase em que o campeonato estava parado.

Agora, a 16 de Dezembro de 2014, um dos melhores avançados franceses, decidiu colocar um ponto final na sua longa carreira. Uma grande carreira!

Títulos:

-1 Campeonato do Mundo de Clubes em 2009

-1 Campeonato do Mundo em 1998

-1 Taça das Confederações em 2003

-1 Liga dos Campeões em 2008/09

-1 Campeonato da Europa em 2000

-1 Supertaça Europeia em 2009

-1 Taça Intertoto em 1999

-2 Liga Espanhola em 2008/09, 2009/10

-1 Copa del Rey em 2008/09

-1 Supercopa de España em 2009

-1 Liga Francesa em 1996/97

-1 Trophée des Champions em 1997

-2 Liga Inglesa em 2001/02, 2003/04

-3 The FA Cup em 2001/02, 2002/03, 2004/05

-3 FA Community Shield em 1999, 2002, 2004

Prémios Principais:

Bola de Ouro pela France Football
2003 (2.º), 2006 (3.º)

Jogador FIFA
2003 (2.º), 2004 (2.º)

Bota de Ouro
2003/04 (1.º), 2004/05 (1.º)

VAVEL Logo