Busca de vitórias em terra de empates
Foto via: Sapo Desporto

Busca de vitórias em terra de empates

Nacional da Madeira e Sporting medem forças na Choupana este domingo, numa partida da 14ª jornada da Primeira Liga, a última ronda de 2014. Sedentas de pontos, ambas as formações procuram acabar o ano com uma vitória que dê a moral necessária para enfrentar o novo ano e os desafios correspondentes.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Recuperar antes da pausa

Para além do resultado, podemos considerar que Nacional e Sporting entram em campo em igualdade anímica. Com efeito, os alvinegros estão a realizar uma temporada muito aquém do esperado, ocupando um invulgar 13º lugar; reflexo da campanha nacionalista nesta época é a derrota da jornada passada em casa do recém-promovido Penafiel, uma derrota inesperada, não só devido à teórica superioridade do Nacional, mas também devido à enorme dose de moral que os homens de Manuel Machado traziam após o triunfo no derby madeirense diante do Marítimo. (foto:Lusa)

Do lado do Sporting a situação é idêntica. Ocupando o 5º posto, os leões tardam em assegurar uma regularidade de vitórias condizente com os seus pergaminhos e ambições na temporada actual.

Ao contrário do adversário deste domingo, os leões não chegam à 14ª jornada após uma derrota…pelo menos do ponto de vista pontual. Apesar do (tardio) empate caseiro com o Moreirense, a verdade é que tal resultado tem todo o amargo gosto da derrota. Para além da “obrigação” de atingir um melhor resultado e exibição diante do Moreirense, os homens de Marco Silva não foram capazes de tirar o máximo partido do clássico entre FC Porto e Benfica, deixando os encarnados aumentar a vantagem para uns preocupantes dez pontos. (foto:Getty Images)

Em época natalícia a altura não é festiva nas hostes de ambas as equipas. Apenas uma vitória no sapatinho poderá ajudar a dissipar as nuvens negras que se começam a aproximar em ambos os lados.

Ponto de equilíbrio

Depois de empatar em casa com o Moreirense, e à procura dos três pontos, os leões visitam um reduto onde vencer não tem sido muito comum. Contudo, e em abono da justiça, a verdade é que não se pode dizer que o Nacional também tenha boas recordações de jogos com o Sporting. Olhando para o histórico de confrontos em casa dos madeirenses, verificamos que, em quinze embates, oito deram empates, restando ainda quatro triunfos dos leões, e três dos homens da casa. (foto:uefa.com)

Empate foi aquilo que sucedeu nas duas últimas visitas do Sporting à Choupana, e ambas com o mesmo resultado (1-1). O último triunfo leonino data da temporada 2011/2012, numa partida onde o Sporting se apanhou a vencer por 2-0 à meia-hora de jogo. Todavia, os nacionalistas reagiram e chegaram a um empate a duas bolas que apenas foi quebrado à entrada do último quarto-de-hora da partida, graças a um penalty convertido por Wolfswinkel.

Já a última vitória dos insulares deu-se em 2010/2011, com um golo solitário do angolano Mateus a dar o triunfo à equipa da casa.

Uma resposta à altura

As recentes declarações de Bruno de Carvalho puseram em sentido toda a estrutura leonina. Apesar dos recados deixados pelo presidente para fora e dentro do clube, Marco Silva prefere não alimentar polémicas, focando-se apenas no seu trabalho. (foto:ASF)

«Não tenho de achar se é ou não oportuno quando o presidente acha que deve fazer o que é melhor para o clube. A minha função não é de todo essa, só tenho de assumir a minha tarefa. Naturalmente, como treinador, estou obrigado a ter prudência na forma como abordo as palavras do presidente.».

Na semana que passou, muito se falou sobre a alegada falta de atitude dos jogadores do Sporting em jogos de menor nomeada. o treinador verde-e-branco assume a sua dose de responsabilidade pela prestação da sua equipa nestas partidas.

«A minha função é gerir o grupo de trabalho e desde a primeira hora que assumo a minha responsabilidade, como aconteceu depois destas últimas duas exibições muito abaixo daquilo que podemos fazer.». Na antevisão do jogo de Domingo, o técnico leonino reforçou a ideia de que, tal como fez nas duas últimas partidas, defendeu o seu grupo de trabalho, estando confiante que o mesmo dará uma boa resposta diante de um adversário difícil.

«Continuo a acreditar nos jogadores e que vão dar o melhor para vencer o jogo com o Nacional. Não vamos jogar sozinhos, temos um adversário difícil num campo muito difícil, mas acredito que vão dar boa resposta.».

Em relação aos convocados, destaque para o regresso de Jefferson, ausente durante algumas partidas devido a lesão. De regresso estão também Maurício e Adrien, poupados na partida com o Vizela. Em sentido contrário estão Rabia, Ricardo Esgaio, Miguel Lopes e ainda Diego Capel.

Lista de convocados do Sporting:

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck;

Defesas: Cédric, Paulo Oliveira, Sarr, Maurício, Jefferson e Jonathan Silva;

Médios: William, Rosell, Slavchev, Adrien, André Martins, João Mário, Carlos Mané, Heldon e Carrillo;

Avançados: Slimani, Montero e Tanaka.

Juntar resultado e exibição

Também é urgente a busca de pontos para os lados da Choupana. Diante do Sporting, o treinador Manuel Machado que alcançar o triunfo, de preferência com uma boa exibição. (foto:ASF)

«Esperamos fazer um bom jogo e, fundamentalmente, aliar a isso a aquisição dos três pontos.». Quanto ao adversário, o técnico dos nacionalistas mostra-se conhecedor do estilo de jogo leonino, mas afirma que a sua equipa não irá jogar em função deste. «[O Sporting] joga um futebol curto e muito apoiado, é muito pressionante e tem grandes desequilibradores. […]Temos de pensar nas soluções que temos para alcançar os nossos objetivos. O nosso modelo de jogo está assimilado pelos jogadores e temos vindo a crescer, o que nos permite perspetivar um futuro melhor.».

A má prestação dos insulares já levou mesmo Manuel Machado a considerar uma mudança no que toca aos objectivos da presente temporada. «Digo isto com muita clareza e objectividade. Se essa margem não estiver assegurada, o objectivo europeu foi-se e vamos é trabalhar para manter o clube na Primeira Liga.».

Nos convocados para o jogo de Domingo, Manuel Machado já pode contar com o avançado Suk, regressado após lesão. De fora ficam Camacho, Ezzat e Fath, os dois últimos por motivos de ordem física.

Lista de convocados Nacional:

Guarda-redes: Gottardi e Rui Silva;

Defesas: Marçal, Zainadine, Miguel Rodrigues, Sequeira e Rui Correia;

Médios: Aly Ghazal, Boubacar, Gomaa, João Aurélio, Edgar Abreu e Willyan;

Avançados: Marco Matias, Reginaldo, Rondon, Lucas e Suk.

De referir que a partida da Choupana terá início às 19:15, e será arbitrada pelo lisboeta Duarte Gomes. 

VAVEL Logo
CHAT