Toto Wolff teme Williams e pisca olho a Alonso

Toto Wolff teme Williams e pisca olho a Alonso

O director da Mercedes revelou que Alonso é a primeira opção da equipa, caso perca Hamilton ou Rosberg depois de 2015, e identificou a Williams como principal ameaça na próxima temporada.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Numa recente entrevista à Gazzetta dello Sport, Toto Wolff, director da campeã Mercedes, confessou que Fernando Alonso, que recentemente assinou contrato com a McLaren, é a primeira opção da escuderia alemã, caso Hamilton ou Rosberg decidam trocar de volante. Wolff identificou ainda a Williams como maior ameaça para os alemães em 2015.

Toto Wolff elogia Alonso

“Estou optimista. A prioridade é continuar com estes pilotos (Hamilton e Rosberg), mas se isso não for possível, o Alonso é a primeira alternativa. Depois há o Bottas.”, explicou Wolff, que não deixou de elogiar o piloto espanhol: "Se lhe derem um carro capaz de ficar em 6º, ele coloca-o em 3º."

As declarações do homem-forte da Mercedes poderão ser entendidas como um aviso a Lewis Hamilton, já que a ligação do mais recente campeão de F1 
com a Mercedes expira em 2015, e o britânico ainda não renovou, ao contrário do que Wolff já afirmou ser o desejo da equipa. Importa não esquecer que, apesar de não ter havido confirmação por parte da McLaren, há rumores de que o contrato de Alonso com a equipa de Woking poderá conter uma cláusula que permita ao espanhol sair no final de 2015 no caso da Mercedes ter uma vaga para 2016.

Williams poderá ser maior ameaça à Mercedes

Quando inquirido sobre as ameaças à Mercedes em 2015, Toto Wolff identificou a Williams como rival mais perigoso, ainda que o técnico tenha reconhecido o poderio e a vontade da Red Bull em reconquistar o campeonato, depois de um domínio de quatro anos na categoria.

Wolff não esqueceu também a Ferrari, realçando a diferença que o tetra-campeão mundial Sebastian Vettel poderá promover em Maranello: “Nunca se pode colocar a Ferrari de parte. è um ícone e é importante que voltem a ser capazes de ganhar. Estou convencido de que vão voltar a ser competitivos, talvez já em 2015. (…) O Sebastian traz (para a Ferrari) quatro títulos mundiais, entusiasmo e experiência. Será um incentivo para as pessoas da incrível Ferrari."
 

VAVEL Logo
CHAT