Ferrari investe 40 milhões de euros em novo simulador

Ferrari investe 40 milhões de euros em novo simulador

A remodelação na Ferrari, que em 2014 teve uma das suas piores épocas na F1, levou a marca italiana a investir fortemente num novo simulador de ponta que lhe permitirá desenvolver o seu monolugar além das restrições aos testes em pista.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Segundo relata a La Gazzetta dello Sport, a Ferrari estará a investir 40 milhões de euros numa nova plataforma de testes a instalar em Maranello.

O investimento tecnológico da marca, que em 2014 viveu uma das suas piores temporadas, dirige-se agora a um avançado sistema de testes dinâmico, capaz de simulações ao conjunto monolugar-unidade motriz.

A plataforma, construída em colaboração com a AVL, gigante da indústria automóvel e de motores, na sede da scuderia em Maranello, permitirá à marca fazer face às restrições de testes em pista. Entre outros, o sistema permitirá simular diversos comportamentos do carro em pista sem recorrer ao túnel de vento, cuja utilização é cada vez mais restringida pela F1. De acordo com o jornal italiano, até o sistema brake-by-wire incluindo nos monolugares vermelhos poderá ser testado, com simulação de velocidades até 360km/h.
 

VAVEL Logo
CHAT