Sporting x Rio Ave: Navegar rumo à oitava sobre rio traiçoeiro

Sporting x Rio Ave: Navegar rumo à oitava sobre rio traiçoeiro

Sporting e Rio Ave encontram-se este domingo em Alvalade, na partida que encerra a primeira volta do campeonato. Os leões atravessam o melhor momento da época e procuram alcançar o oitavo triunfo consecutivo diante de um Rio Ave também ele em boa forma, e que não sabe o que é perder em Alvalade desde a época 2011/2012.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Um covil flutuante

O Sporting recebe esta jornada o Rio Ave, procurando a oitava vitória seguida, algo que, a acontecer, constitui o melhor registo da temporada actual. Todavia, se olharmos para a série recente de triunfos leoninos, verificamos que a mesma se deve, em muito, aos jogos disputados fora de portas. Assim, e para além dos triunfos caseiros diante de Estoril, Famalicão e Boavista, há que ter principalmente em conta as vitórias diante do Vizela, Vitória de Guimarães, Nacional e Sporting de Braga, todas alcançadas longe de Alvalade. (foto: publico.pt)

Tal facto acaba por não ser fruto do acaso. No que toca ao campeonato nacional, o Sporting apresenta um melhor registo pontual enquanto visitante; em oito partidas, os leões somam cinco vitórias, dois empates e uma derrota, contabilizando 17 pontos. Tal contabilidade já não ser verifica nos jogos em Alvalade, onde a equipa de Marco Silva, apesar de não ter derrotas, contabiliza apenas quatro vitórias e ainda quatro empates, somando um total de 16 pontos. A irregularidade caseira dos leões chega ao ponto destes ainda não terem alcançado dois triunfos consecutivos em Alvalade para o campeonato.

Alvalade tem-se assim mostrado flutuante no que a triunfos sportinguistas diz respeito; um covil onde o leão tarda em mostrar todo o seu domínio e onde as presas parecem entrar sem temor. Cabe assim ao rei da selva marcar o seu território e passar ao ataque.

De rio tranquilo a mar revolto

Olhando para o histórico de visitas do Rio Ave a Alvalade, podemos verificar um domínio vincado dos leões. Com efeito, nas já vinte visitas dos vila-condenses à casa leonina, registam-se quinze vitórias do Sporting, das quais se destaca um 7-1 alcançado na temporada 1981/82, graças a cinco golos de Rui Jordão e a dois de Manuel Fernandes.

Contudo, aquilo que parecia ser uma navegação tranquila pelo Rio Ave, nos últimos dois anos transformou-se num verdadeiro Cabo das Tormentas para os leões. Na época 2012/2013 os vila-condenses, na altura liderados por Nuno Espírito Santo, venceram em Alvalade por 0-1 com um golo de Edimar, garantindo o primeiro triunfo do Rio Ave em casa do leão para o campeonato (a outra vitória deu-se na época 84/85 para a Taça de Portugal). (foto: record.xl.pt)

Na temporada passada a equipa do Vale do Ave voltou a sair com pontos de Alvalade. O Rio Ave até esteve em desvantagem, graças ao golo de Wilson Eduardo, mas Tarantini, já na segunda parte, deu o empate aos nortenhos. Depois destas duas visitas, resta saber que ditado popular se aplicará no próximo domingo: «Não há duas sem três», ou «à terceira é de vez»?. (foto: dn.pt)

O valor da história

Em antevisão ao jogo deste Domingo, Pedro Martins mostrou-se indiferente ao histórico favorável do Sporting aquando da visita do Rio Ave. O técnico dos vila-condenses desvalorizou os registos do passado, preferindo olhar para que ainda está para vir. (foto: ASF)

«Houve casos em que a história se manteve, como frente ao Arouca, mas houve outros em que vencemos quando isso já não acontecia há imenso tempo. O passado é o passado. O que nos interessa é o presente e o futuro. Queremos amealhar pontos frente ao Sporting. O passado, só por si, não diz nada.».

Apesar do teórico favoritismo dos leões, Pedro Martins realçou que não irá alterar de sobremaneira o estilo de jogo da sua equipa, preparando-a para aproveitar os momentos de menor intensidade leonina.

«A única coisa que alteramos é uma ou outra coisa em relação ao processo ofensivo do adversário. Queremos explorar os momentos em que o Sporting não é tão forte, mas isso acontece frente a todas as equipas. São esses momentos que são fundamentalmente trabalhados. Não haverá marcações especiais.».

Para a visita a Alvalade, Pedro Martins chamou 19 jogadores. Na lista de convocados, destaque para a saída de Luís Gustavo, em detrimento do nigeriano Sunday Abalo. Convocado foi também Prince, o central debateu-se com problemas físicos nos últimos dias e está em dúvida para a partida de Domingo.

Lista de convocados: 

Guarda-redes: Cássio e Ederson;
Defesas: Prince, Lionn, Nuno Lopes, Nélson Monte e Marvin;
Médios: Tarantini, Diego Lopes, Bressan, Abalo, Wakaso e Pedro Moreira;
Avançados: Hassan, Boateng, Ukra, Del Valle, Jebor e Esmael.

VAVEL Logo
CHAT