Porto com prova de fogo no Caldeirão do Marítimo

Porto com prova de fogo no Caldeirão do Marítimo

Na primeira jornada da segunda ronda do campeonato, o Porto viaja até aos Barreiros para defrontar o Marítimo, numa deslocação habitualmente espinhosa. Os Dragões estão obrigados a não falhar para que a distância para o líder Benfica não se torne irrecuperável.

vavel
VAVEL

Será um FC Porto avisado aquele que irá deslocar-se aos Barreiros para defrontar a armada do Marítimo. Julen Lopetegui deixou alertas sobre o desafio na Madeira e o Marítimo, ferido no orgulho depois de ser goleado pela avalanche vermelha do Benfica, terá o propósito de reerguer-se no campeonato, voltando às boas exibições - a última data do dia três de Janeiro, dia em que o Marítimo recebeu e venceu o SC Braga por 2-1, na última vitória na Liga.

Já o Porto segue na rota dos triunfos consecutivos - a formação portista não perde pontos desde a derrota no Dragão diante do rival Benfica, à passagem da 13ª jornada. Com um onze a caminho da consolidação total, os Dragões, que perderam Brahimi para a CAN 2015, gozam de um período de estabilidade exibicional no qual as vitórias têm servido como elixir de motivação para uma perseguição (ao líder encarnado) que se adivinha morosa.

Helton é pertinente candidato à baliza do Porto

A equipa da cidade Invicta não contará com o argelino nem com o lesionado Adrián, mas poderá voltar a confiar plenamente nas qualidades do guarda-redes Helton, retornado de uma grave lesão e já completamente apto a liderar a baliza portista, hoje à guarda do brasileiro Fabiano - apesar da excelente exibição do experiente Helton na Taça da Liga (contra o Braga), Fabiano deverá manter-se, por agora, nas redes azuis e brancas.

Paciência volta a merecer a confiança de Lopetegui

Gonçalo Paciência, jovem avançado formado no clube, estreou-se contra o Braga, na Taça da Liga, e Julen Lopetegui decidiu manter a confiança no benjamim portista, voltando a convocá-lo para novo duelo, o primeiro no contexto da Primeira Liga. Caso entre em campo hoje, Paciência fará a sua estreia no campeonato. O Porto vem de uma vitória molhada e enlameada no terreno do Penafiel (1-3), na passada jornada - triunfo que consolidou ainda mais a preponderância vital de Jackson Martínez na orientação ofensiva da equipa e de Herrera no centro do terreno.

Marítimo procura pontos mas de preferência sem sair de casa

O Marítimo procura subir na vida, buscando pontos para poder trepar pela tabela classificativa e almejar os lugares europeus. A performance maritimista está longe do ideal, com a formação insular a vencer apenas dois jogos desde a jornada 6, ronda em que bateu com eloquência o Vitória Sport Clube por 4-0. As duas vitórias seguintes, diante de Boavista (4-0) e Braga (2-1) aconteceram nos Barreiros - uma prova que o Marítimo é bem mais forte em casa que fora dela.

A equipa de Leonel Pontes vem de uma tareia caseira às mãos do líder Benfica (0-4) numa actuação defensiva que deixou muito a desejar. A introdução do brasileiro Raul Silva, contratado neste defeso de Inverno, deverá ser certa, já que a tarimba exibicional demonstrada contra o Gil foi positiva. Salin, ausente contra o Benfica, voltará às redes do Marítimo. Na frente de ataque insular estará uma das maiores ameaças da Liga: Maazou, autor de 9 golos no campeonato.

Porto quer repetir dose, Marítimo quer corrigir o texto

Na abertura do campeonato, o Porto vestiu-se de gala para receber o Marítimo: o jovem luso Rúben Neves estreou-se pelos Dragões e apontou o golo que fez desenrolar a história da Liga - ao tento de Neves seguiu-se o golo do letal colombiano Jackson Martínez, que aí disparou a primeira rajada de uma série mortífera que conta já com 14 golos, de longe a melhor marca da prova. 

Contra esse mar de suave triunfo estará o Marítimo, desejoso de contrariar o favoritismo portista e de negar ao Dragão novo jogo relaxado com três pontos ganhos a condizer. Os insulares tentarão escrever um novo texto, onde a veia goleadora de Maazou surja, a solidez defensiva de Danilo Pereira sobressaia e a inspiração de homens como Fransérgio, Alex Soares ou Weeks venha ao de cimo.

Onzes prováveis do Marítimo x FC Porto

VAVEL Logo
    CHAT