Sporting x Benfica: Slimani, o «reforço» para o Derby

Islam Slimani é sem dúvida alguma uma mais valia para o plantel do Sporting, e um «reforço» de peso para o encontro frente ao Benfica. O argelino esteve ausente durante um mês, tendo marcado ao Estoril na vitória dos leões por 3-0, no dia 3 de Janeiro seguindo viagem para África para se juntar à sua selecção para disputar a CAN.

Se contarmos somente com os encontros do campeonato, Slimani falhou quatro desafios nos quais o Sporting se saiu bem vencendo todos e com Montero e Tanaka a darem conta do recado na frente de ataque. Porém nenhum deles possui as características do argelino, que faz do seu jogo aéreo a sua «arma» de eleição e com a sua compleição fisica desgasta uma defesa durante o tempo em que está em campo.

Slimani quer jogar o derby (Foto: lusogolo.com)

Slimani chegou na passada terça-feira a Lisboa, após a eliminação da Argélia nos quartos-de-final da Taça das Nações Africanas, frente à Costa do Marfim e apesar de alguns problemas físicos a nível muscular o camisola 9 dos leões foi prático e directo, quando lhe perguntaram se estava em condições de jogar o derby. «Sim», afirmou. De facto se recuarmos no tempo vemos que a preponderância do ponta-de-lança leonino nos jogos com Porto e Benfica tem sido de extrema utilidade e leva já três golos apontados, dois às águias e um aos dragões.

Naquele que terá sido o melhor jogo da última temporada os dois grandes da capital encontraram-se na Luz na quarta eliminatória da Taça de Portugal para uma vez deixarem para a história uma partida fantástica de futebol. Os leões saíram na frente com um golo de Diego Capel, mas antes do intervalo Cardozo fez um hat-trick para o Benfica e tudo parecia resolvido, mas na segunda parte Maurício reduziu e depois Slimani entrou para os derradeiros minutos e foi já para lá do tempo de compensação, que uma cabeçada do argelino levou a partida para o prolongamento, onde os encarnados acabariam por vencer 4-3, num lance com culpas para Rui Patrício.

Ainda na última temporada Slimani voltou a ser decisivo desta vez contra o Porto, num jogo onde estava em disputa o segundo lugar do campeonato, com o título já praticamente entregue ao Benfica, o Sporting tinha mais dois pontos que os dragões e uma vitória da formação então comandada por Leonardo Jardim, permitiria à turma de Alvalade deixar os portistas a uma distância de cinco pontos. E assim foi os leões venceram por 1-0, com um golo de cabeça do argelino no decorrer da etapa complementar a ser novamente decisivo.

A época de 2014 - 2015 não começou da melhor forma para Slimani. Em conflito com o presidente Bruno de Carvalho o argelino depois de uma boa prestação no Mundial do Brasil, exigia uma renovação salarial para a qual o Sporting não estava disposto a ceder. Como resultado o jogador ficou a trabalhar à parte do plantel e com um processo disciplinar, até que a situação fosse resolvida com um pedido de desculpas por parte de Slimani.

O timing não podia ter sido mais oportuno. Na semana do desafio na Luz frente ao Benfica, Slimani e o Sporting chegaram a um acordo e o argelino não só foi de imediato convocado pelo novo treinador, Marco Silva como também entrou logo para o onze titular e diga-se em boa hora para os leões. A equipa encarnada entrou melhor no desafio e chegou ao golo por Gaitàn, mas a formação verde e branca reagiu e num erro incrível do guarda-redes aproveitou Slimani para fazer o empate, que seria de resto o resultado final da partida.

No total Slimani leva já 50 jogos com a camisola do Sporting nos quais apontou 19 golos. Na última temporada o argelino somou dez, oito dos quais no campeonato e dois na Taça de Portugal. Este ano o registo é de nove remates certeiros, sete na Liga Portuguesa e dois na Liga dos Campeões, sendo em igualdade com um dos seus parceiros de ataque, Montero o melhor marcador dos leões. O registo da época transacta está assim perto de ser alcançado e poderá mesmo acontecer já no próximo domingo, caso Slimani jogue e marque frente ao Benfica.

VAVEL Logo