Belenenses x Sporting: Leão esfomeado à caça em Belém

Belenenses x Sporting: Leão esfomeado à caça em Belém

Belenenses e Sporting voltam a encontrar-se para o campeonato, naquele que é um dos clássicos do futebol português. A equipa de Belém voltou às vitórias na jornada passada e quer manter o ritmo para não deixar fugir ainda mais os lugares europeus, mas do outro lado está um Sporting ainda com o derby com o Benfica bem fresco na memória. A equipa de Marco Silva ainda não perdeu para o campeonato em 2015 e procura uma reacção clara ao sucedido diante do grande rival na última ronda.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Lavar feridas à beira-Tejo

A intensidade e drama da partida diante do Benfica ainda vive na memória da equipa sportinguista. Depois de muita luta e um golo tardio, os leões não conseguiram segurar a vantagem até ao final, deixando fugir assim dois pontos que se podem revelar essenciais na luta pelo título. Tal situação terá deixado profundas marcas psicológicas na formação de Marco Silva que, naturalmente, procura sarar as feridas e dar uma resposta à altura de forma a manter as suas ambições no campeonato nacional. A juntar a esse desejo de redenção, o Sporting tem ainda a seu favor o facto de ainda não ter perdido no corrente ano civil, no que à Liga diz respeito.

Isto porque os leões já perderam em 2015, mas para a Taça da Liga. Foi precisamente o Belenenses a levar de vencida os verde-e-brancos por 3-2, em partida relativa à fase de grupos da Taça da Liga. No Restelo, a equipa de Marco Silva até esteve a vencer por 0-2, graças a dois golos de Ryan Gauld, contudo os azuis do Restelo reagiram e deram a volta ao marcador, graças a dois golos de Abel Camará, e um de Dálcio Gomes. (foto: Manuel de Almeida/Lusa)

Todavia as dificuldades leoninas diante do Belenenses, no que a esta época diz respeito, não se ficam por aqui; com efeito, a equipa de Lito Vidigal conseguiu, na partida da primeira volta, ir a Alvalade empatar a um golo. Foi a própria equipa de Belém a chegar à vantagem por Deyverson, aos 28 muinutos, contudo o Sporting respondeu e chegou ao empate por André Carrillo à passagem do minuto 35, fazendo o 1-1 com que terminou a partida. (foto: desporto.sapo.pt)

Do Sporting espera-se uma reacção enérgica após os acontecimentos do derby da ronda passada, contudo o histórico recente desta temporada, indica que os leões não terão vida fácil, diante de um Belenenses em busca da vitória, de forma a manter vivo o seu sonho europeu.

Das Salésias ao Restelo

O histórico de confrontos entre Belenenses e Sporting em casa dos azuis conta já com 73 jogos realizados, sendo um dos mais extensos do nosso futebol. O primeiro Belenenses x Sporting jogou-se no dia 17 de Março de 1935, ainda no mítico Campo das Salésias, com o resultado a terminar num empate a um golo. (foto: dn.pt)

No que a contabilidade diz respeito é de notar um relativo equilíbrio na «distribuição» de vitórias; assim, e nas suas 73 visitas a casa do rival lisboeta, o Sporting conta com 29 triunfos, três dos quais alcançados nas últimas três deslocações. O resultado mais volumoso para os verde-e-brancos, foi conseguido na temporada 2009/2010, quando um poker de Liedson permitiu aos leões vencerem por 0-4. (foto: maisfutebol.iol.pt)

Em relação ao Belenenses, os azuis já venceram o Sporting em casa por 24 ocasiões, restando ainda 20 empates. O maior triunfo da equipa de Belém diante da formação de Alvalade deu-se em 1943 com uma goleada por 5-0, graças aos golos de José Pedro (duas vezes), António Feliciano, Franklim e Rafael Correia.

Regressar às vitórias

Na antevisão da partida deste sábado, Marco Silva elogiou a boa temporada do Belenenses, mas garantiu que, apesar das dificuldades esperadas, a sua equipa está determinada em regressar aos triunfos. (foto: ASF)

«É um jogo difícil, de grande dificuldade, tal como são todos no nosso campeonato. O adversário tem feito uma boa temporada, está bem classificado, vem de uma vitória muito positiva, mas nós queremos regressar às vitórias e esse é o nosso objetivo. Vamos respeitar o Belenenses, sabemos que é um jogo com história, mas queremos somar os três pontos.». O técnico dos leões mostrou-se também profundo conhecedor do estilo de jogo dos homens de Belém, reforçando a vontade de sair do Restelo com os três pontos.

«O Belenenses por norma aposta num futebol direto e disputa muita a conquista da segunda bola. Depois colmatou muito bem a saída do avançado titular. Agora, a nossa ambição é de chegar, dominar e tomar os três pontos.». Em relação à derrota do Sporting na última deslocação ao reduto dos azuis, Marco Silva realça que se trata de um jogo diferente, e que apenas a partida da primeira volta serve de alerta para a turma de Alvalade.

«É um jogo numa conjetura totalmente diferente e um onze completamente diferente da nossa realidade. Temos de estar concentrado no jogo da primeira volta, mas agora estamos muito mais fortes. Vamos ter de contornar a sua organização defensiva para somar os três pontos.». No que a convocados diz respeito, a única alteração relativamente à última partida prende-se com a saída do lateral Miguel Lopes.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck;

Defesas: Cédric, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Naby Sarr e Jefferson;

Médios: Oriol Rosell, William Carvalho, Adrien, João Mário, André Martins, Carrillo, Carlos Mané, Capel e Nani;

Avançados: Montero e Tanaka.

Belenenses sem truques

Lito Vidigal espera um Sporting forte, e com vontade de vencer, de forma a não se atrasar ainda mais na luta pelo título. (foto: ASF)

«Espero um Sporting forte que é sempre candidato ao título. Fez um jogo muito bom contra o Benfica e tem de ganhar aqui para não ficar fora da corrida pelo título. Uma equipa com bons jogadores, não vai ser fácil para nós.».

Em duas partidas contra o Sporting esta temporada, o Belenenses ainda não perdeu, algo que o treinador dos azuis desmistifica.

«Talvez tenhamos sido felizes. Vamos procurar respeitar o nosso adversário, não perdermos a nossa identidade, e depois percebermos quais são as suas limitações e pontos fortes, para depois podermos equilibrar essas forças.».

Apesar das várias ausências, Lito Vidigal confia em pleno nos jogadores que tem à disposição para o jogo de sábado.

«Não temos um plantel vasto. Felizmente não temos tido muitas lesões mas sempre que tivemos castigos conseguimos responder bem. Não temos o Carlos Martins e o Gonçalo Brandão e o Dálcio também não deve chegar a tempo porque está na Seleção. É um jogador importante, que tem vindo a afirmar-se na equipa mas, se não estiver, vamos ter de encontrar soluções.».

Às 20:30 deste sábado arrancar o Belenenses x Sporting, partida que terá arbitragem de Paulo Baptista.

VAVEL Logo
CHAT