Benfica x Vitória FC: o duelo repete-se mas agora com pressão portista
O Benfica venceu o Vitória de Setúbal e carimbou a passagem à final da Taça da Liga na passada quarta-feira. (Foto: LUSA)

Benfica x Vitória FC: o duelo repete-se mas agora com pressão portista

O jogo entre encarnados e sadinos acontece quatro dias depois da derrota setubalense por 3-0 na Luz, num jogo a contar para a Taça da Liga.

pedrocorreia
Pedro Correia

Benfica, favorito e pressionado; Vitória moralizado

A equipa orientada por Jorge Jesus mostra-se decidida a manter a liderança - os encarnados conseguiram um importante empate (1-1) no reduto do rival Sporting, já nos últimos instantes do «derby» - e, pressionados pela vitória do FC Porto por 1-0 frente ao Vitória de Guimarães (que coloca os "dragões", provisoriamente, a 1 ponto do primeiro lugar), não pretendem facilitar perante o 14ª classificado da Liga NOS. 

Do lado sadino, este encontro surge como uma oportunidade para a turma de Bruno Ribeiro provar que o resultado da passada quarta-feira (derrota por 3-0 nas meias-finais da Taça da Liga) não reflecte a sua qualidade e que, caso Advíncula não tivesse sido expulso à passagem do minuto 38, na sequência de um penalty algo duvidoso, o rumo dos acontecimentos poderia, de facto, ter sido outro. De resto, o Vitória de Setúbal procura pontuar pela quarta jornada consecutiva no campeonato, surgindo, por isso, certamente motivado para pontuar na Luz.

Relativamente às ausências da partida, Júlio César, Fejsa, César e Gáitan (Benfica) e Hélder Cabral e Dani (V. Setúbal)  estão lesionados, enquanto que Zequinha e Advíncula cumprem castigo do lado setubalense. Em sentido contrário, Amorim, em crescendo de forma física, poderá voltar a pisar os palcos da Primeira Liga, depois de ter voltado à competição na Taça da Liga.

Jesus confiante no factor casa e Ribeiro com fé em nova entrada pujante

Na antevisão da partida, Jorge Jesus afirmou estar consciente das dificuldades que os seus jogadores vão encontrar, considerando, no entanto, que «(...) o Benfica tem muita dinâmica no seu estádio (...)», não sendo, por isso, fácil fazer frente à sua equipa. «(...) Queremos que o jogo se enquadre no que temos feito nos jogos em casa, sabendo que todos os jogos em Portugal, fora ou em casa, são competitivos. (...) Os resultados que já tivemos [contra o Vitória de Setúbal] não nos dão garantias para este jogo», acrescentou.

Do outro lado, Bruno Ribeiro realçou  a importância da equipa realizar um jogo ao nível dos primeiros 40 minutos do jogo da Taça da Liga - momento marcante, com o penalty e a expulsão a facilitarem a tarefa do Benfica, que até então tinha criado poucas oportunidades, contrariamente ao Vitória, que entrava bem na partida. «Podíamos ter feito golo primeiro», sublinhou. 

Benfica goleou no Bonfim e até na História dá goleada

Relembre-se que, na primeira volta, o Benfica visitou o Estádio do Bonfim e castigou copiosamente os sadinos, com cinco golos sem qualquer resposta setubalense. Anderson Talisca foi o herói dos golos no Bonfim: marcou três tentos e iniciou uma caminhada goleadora que durou várias jornadas. 

Talisca fez «hat-trick» no Bonfim (Foto: LUSA)

No histórico de confrontos entre as duas equipas no Estádio da Luz, os encarnados contam com 57 vitórias em 66 jogos disputados, o que comprova de forma evidente o favoritismo do Benfica para esta partida, sendo que se verificaram 7 empates e apenas 2 vitórias para o lado sadino. Caso vença, o Benfica cimenta ainda mais a diferença pontual cavada para o rival Sporting, que ontem empatou contra o Belenenses (1-1) e poderá assim ficar a 9 longínquos pontos das águias.

Onzes prováveis do Benfica x Vitória Setúbal

VAVEL Logo
CHAT