UEFA Champions League: «sneak preview» dos oitavos-de-final

UEFA Champions League: «sneak preview» dos oitavos-de-final

Segundo dia dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, altura para os alemães do Schalke 04 defrontaram o campeão Real Madrid e para os portistas se deslocarem à cidade de Basileia, para medirem forças com o clube treinado por Paulo Sousa.

vavel
VAVEL

Depois dos dois empates verificados ontem, na abertura das hostilidades destes oitavos-de-final da UEFA Liga dos Campeões, é dia de analisarmos, em modo de antevisão, os duelos que nos esperam nesta Quarta-feira de futebol internacional - o Real Madrid, detentor do troféu, desloca-se ao reduto do Schalke 04, enquanto o FC Porto visita a cidade de Basileia, na tentativa de resgatar uma vitória e encaminhar-se para os quartos-de-final da prova milionária.

Se a partida de Gelsenkirchen tem um destacado favorito, o colosso Real Madrid, o embate de Basileia não tem cabeça-de-cartaz: duas formações equilibradas medirão forças e, dadas as valências de suíços e lusitanos, será difícil reconhecer um destacado favorito. O FC Porto goza de mais altivo estatuto europeu, mas o Basileia, treinado por Paulo Sousa, não é propriamente alheio ao ar rarefeito da alta montanha dos campeões - nas últimas cinco temporadas apenas por uma vez esteve afastado dos palcos da Liga dos Campeões (2012/2013).

O Schalke 04, comandado pelo italiano Roberto Di Matteo, terá a hercúlea tarefa de estancar o caudal ofensivo do avassalador Real Madrid do também italiano Carlo Ancelotti, tentando suster a impetuosidade goleadora do craque Cristiano Ronaldo, do matador Karim Benzema e dos coadjuvantes Gareth Bale e Isco. Para tentar abanar a estrutura defensiva «merengue», os alemães jogarão os trunfos atacantes Klaas-Jan Huntelaar, Sidney Sam, Choupo-Moting e Kevin-Prince Boateng. Ronaldo, sedento de golos, encontra uma presa germânica à qual está habituado a fazer golos.

Real & CR7 conhecem bem os pontos fracos da presa de Gelsenkirchen

O historial de jogos entre Real Madrid e Schalke 04 resume-se a dois jogos, mas, uma rápida olhadela aos resultados deixa entender o acentuado favoritismo dos «merengues»: nove golos marcados pelos «blancos» nas duas partidas dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões 2013/2014. Nesta reedição do duelo entre germânicos e espanhóis, o Real levará na bagagem memórias sorridentes do confronto de há precisamente um ano - na primeira mão, os «merengues» golearam o Schalke em Gelsenkirchen por 1-6, com bis de Benzema, Bale e Cristiano Ronaldo. Huntelaar marcou, aos 90, o envergonhado tento de honra.

Na segunda mão, em Madrid, o Real desacelerou mas imprimiu velocidade suficiente para vergar outra vez o Schalke 04: 3-1 com tentos do jovem avançado Morata (hoje na Juventus) e de Cristiano Ronaldo (2). Tim Hoogland marcou o golo germânico. Cristiano Ronaldo encontrará hoje uma formação contra a qual está habituado a brilhar - quatro golos apontados em duas partidas. Vindo de um período de menor fulgor ofensivo (acicatado pelos dois jogos de castigo), Cristiano Ronaldo tem agora, frente a uma presa que conhece bem, a oportunidade de voltar aos festejos dos seus imparáveis golos. 

Apesar de todos os condimentos que o duelo terá, muitos serão os craques que não marcarão presença: pelo lado do Schalke 04, Jefferson Farfán, Julian Draxler, Leon Goretzka, Kolasinac, Giefer, Fahrmann e Obasi não poderão jogar devido a lesão; no Real Madrid, James Rodríguez, Fábio Coentrão, Khedira, Modric e Sergio Ramos serão notáveis ausências.

Porto: Basileia é obstáculo rumo ao retorno aos quartos-de-final

Não existem jogos entre FC Porto e Basileia - os dois clubes, fundados em 1893, irão, em Basileia, escrever a primeira página de duelos entre o FC Porto e Basileia. Os portistas são a formação com maior bagagem internacional, até devido à Liga dos Campeões vencida no reinado de José Mourinho, em 2003/2004, mas a equipa suíça tem demonstrado, ao longo desta década, uma regularidade acima da média: desde 2010, o Basileia marcou presença em quatro edições da Liga dos Campeões, apenas falhando a versão 2012/2013 da prova.

O FC Porto, apostado em voltar a ser uma das oito melhores equipas da Europa, jogará a sua sorte contra o Basileia na tentativa de regressar aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, algo que não acontece desde a temporada 2008/2009, com Jesualdo Ferreira ao leme (sua penúltima época no clube da Invicta). À data, o Porto caiu nos quartos-de-final às mãos do Manchester United de Alex Ferguson - Cristiano Ronaldo desfez, no Dragão, o 2-2 atingido em Old Trafford, com um tiro fenomenal a 25 metros da baliza de Helton. Mas, para retornar aos quartos-de-final, o Porto terá de passar a oposição de Paulo Sousa e companhia.

O Porto poderá jogar na sua máxima força, algo que não assiste ao clube campeão da Suíça: o defesa central Fabian Schar, castigado, não poderá comandar o sector defensivo; Ivanov, a contas com uma maleita física, também irá desfalcar o Basileia. Vindo de um grupo de morte (que continha Real Madrid e Liverpool), o Basileia tentará conter o ataque portista (Brahimi e Jackson Martínez são as setas mais letais do Porto na prova) e explorar o balanço atacante da equipa de Julen Lopetegui.

Onzes prováveis do Schalke 04 x Real Madrid

Onzes prováveis do Basileia x FC Porto

VAVEL Logo
CHAT