FC Porto x Sporting: Lopetegui procura estrear-se a vencer num clássico

FC Porto x Sporting: Lopetegui procura estrear-se a vencer num clássico

2 derrotas e 1 empate: é este o saldo do treinador galego em clássicos do futebol português - derrotas caseiras frente a Benfica e Sporting, com um empate na visita a Alvalade. Lopetegui procura no próximo domingo bater os leões, com o aproximar do sprint final do campeonato, quando já não tem qualquer margem de erro.

fredericotavorapedro
Frederico de Távora Pedro

Julen Lopetegui, a cumprir o seu primeiro ano à frente do comando técnico do Futebol Clube do Porto, só pode pensar em levar de vencida a formação leonina liderada por Marco Silva, podendo um resultado menos positivo, em casa de vitória do líder Benfica frente ao Estoril, complicar e muito as contas do título para os dragões. Em caso de vitória, o Porto manterá, no mínimo, a desvantagem de quatro pontos para o Benfica, e no caso de os encarnados não conseguirem bater o Estoril, passam a depender apenas de si para se sagrarem campeões nacionais.

O Sporting, mesmo internamente, já reconheceu que a candidatura ao título diminuiu de força face aos empates frente a Benfica e Belenenses, mas a luta pela qualificação directa para a Liga dos Campeões mantém-se em aberto, com o Sporting, em caso de vitória, a ficar a apenas dois pontos do segundo lugar. Em caso de derrota, os leões poderiam ficar a apenas um ponto do Sporting de Braga, que nesta jornada se desloca a Vila do Conde para defrontar o Rio Ave.

O primeiro encontro entre Porto e Sporting na presente temporada jogou-se no Estádio de Alvalade, a 26 de Setembro, em jogo a contar para a 6ª jornada da Liga NOS 14/15. Numa partida muito dividida, com claro ascendente da equipa da casa na primeira parte e maior protagonismo dos visitantes na segunda metade, muito por culpa das entradas, ao intervalo, de Tello e Óliver Torres. O desfecho? Empate a uma bola, com golos de Jonathan Silva aos 2 minutos e auto-golo de Naby Sarr aos 56, com ambos os treinadores a considerarem injusto o empate, com a diferença de cada um se considerar a ele próprio o justo vencedor.

Um mês depois, a 18 de Outubro, leões deslocaram-se ao Dragão para defrontar o Futebol Clube do Porto em partida a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal, triunfando por 3-1: auto-golo de Marcano aos 31’, com resposta de Jackson Martínez aos 35’, de grande penalidade. Ao minuto 39’, Nani fez o 2-1, e a partir daí o Porto pouco conseguiu fazer, senão ver Carrillo, aos 83’, alargar para 3-1, o que ditou a eliminação dos dragões numa fase prematura da prova. 

No terceiro clássico disputado, no Porto, a 14 de Dezembro, Lopetegui foi “enganado” por Jorge Jesus, que voluntariamente entregou a iniciativa de jogo à equipa da casa e controlou, até à saída de Luisão, os movimentos ofensivos dos dragões, tendo sido o Benfica extremamente eficaz no capítulo da finalização, o que ditou uma vitória encarnada por duas bolas a zero.

Para o jogo do próximo domingo, o Porto chega na sua melhor fase da época, em que pratica um futebol dinâmico e atractivo. Contudo, estão privados de um dos seus principais criativos: o jovem Óliver Torres, baixa por lesão, permanecendo a dúvida quanto à inclusão de Danilo no 11 inicial. O Sporting, por sua vez, chega na sua máxima força, com ressalva para a polémica que incide sobre Jefferson, mas numa fase de menor crença: ressaca da eliminação da Liga Europa frente ao Wolfsburg e potencial afastamento da luta pelo título nacional, principal objectivo a que se propuseram os leões para a época 2014/1015.

VAVEL Logo